Domingo, 19 de Fevereiro de 2006
A estrada de Sacavém, 2ª lição

Estrada de Sacavém Aquela imagem campestre de 17 da estrada de Sacavém, ao Areeiro, perto do retiro A Perna de Pau fascinou-me tanto que deu nisto:

 1 - Ponto de encontro da Rua Agostinho Lourenço com a Av. de São João de Deus, onde ficava a passagem de nível e onde se acedia à plataforma do antigo apeadeiro do Areeiro (nos 1 e 2 da fotografia).
 2 - Av. Almirante Gago Coutinho, ou do aeroporto, que passa em viaduto sobre a linha de caminho de ferro de cintura.
 3 - Entroncamento da Rua Guilhermina Suggia com a Av. Frei Miguel Contreiras, rasgadas no que eram terras da Quinta dos Lagares d'El Rei (nº 6 na fotografia).
 4 - Av. dos Estados Unidos da América no cruzamento com a avenida do aeroporto, onde antigamente ficava a Quinta da Fronteira (nº 5 na fotografia).

 Depois a estrada de Sacavém prosseguia a poente da actual avenida do aeroporto (o traçado desta não se lhe sobrepôs), até ao sítio da Portela... Ia salpicada de quintas; resta a Quinta de Santo António no nº 81 da Gago Coutinho; e no lugar do nº 115, onde era a Quinta do Narigão, há vestígios da velha estrada (pavimento de basalto e muro).
[Do retiro da Perna de Pau talvez venha a falar depois.]
 - Perguntas?

 


Mapa de Lisboa Interactiva sobre a planta 12N (URBA-LT-03-143-12N) do Levantamento da Planta de Lisboa: 1904-1911.



Escrito com Bic Laranja às 22:35
Verbete | Comentar

11 Comentários:
De Maria João Gouveia a 14 de Março de 2012 às 19:23
Dou-lhe desde já os meus parabéns pelo seu excelente blog, onde vim dar através de uma pesquisa. Já vi que tenho aqui material para horas de leitura histórica. No seu post de 2006, refere a Quinta de Santo António sita na Gago Coutinho, e perto da qual trabalho. Sempre me suscitou imensa curiosidade pelo jardim da propriedade e principalmente pela capela ou ermida datada de 1758. Há uns dias fui fotografar a zona e fiz desde então várias pesquisas na net e nada encontrei. A única indicação do local é precisamente o nome da paragem de autocarro "Quinta de Sto. António". Hoje através de outras pesquisas encontrei este magnífico blog. Gostaria de lhe perguntar se tem mais informação sobre esta quinta. Adorava saber, não sei porquê, mas sempre me fascinou. Muito obrigada


De Bic Laranja a 20 de Março de 2012 às 22:28
Muito obrigado!
Nada mais sei sobre a quinta. O jardim a que se refere é na propriedade adjacente (n.83) - a quinta de Santo António era a casa mais velha, cuido (n. 81). Não tenho a certeza se as pedras ou a ermida sempre ali estiveram... Mas confesso-lhe que não estudei a quinta, tenho pena. Logo que descubra algo darei nota.
Cumpts.


De Maria João Gouveia a 21 de Março de 2012 às 08:24
Muito obrigada pela sua resposta. A porta é sim o nº 83 e portão 83-A, naturalmente o nº 81 também tenha pertencido à mesma propriedade. Se quiser posso enviar-lhe por mail a foto que tirei.
Cumprimentos
Maria João Gouveia


De Amatos a 1 de Março de 2013 às 21:47
Cresci no nº 81 da Gago Coutinho (389 da Estrada de Sacavém. A quinta deve datar do início do século XVIII. Há uma inscrição num tanque de rega de 1719 e outra de data próxima numa torre que suportava uma nora. A quinta tinha cerca de 6 ha antes da expropriação nos anos 40. Dispunha de duas habitações principais, a outra no gaveto da Estrada de Sacavém com a Azinhaga da Feiteira de que não restam vestígios. funcionou como exploração agrícola até finais dos anos 60, nesta época essencialmente na produção de flores e plantas para transplantar, que eram vendidas localmente e no mercado da Ribeira.
Quanto à torre existente no nº 83 é proveniente de algures no norte do país e foi erguida nos anos 60.
Espero ter contribuído com alguns dados para a estória de um pedaço de Lisboa. Parabém pelo espaço.


De Maria João Gouveia a 4 de Março de 2013 às 18:58
Muito obrigada pelas suas informações, Amatos. As suas informações são muito uteis.


De Bic Laranja a 10 de Março de 2013 às 00:16
Preciosas informações que muito lhe agradeço. Consigo acrescentar, com base no Levantamenteo da Planta de Lisboa, que a casa no gaveto com a Az. da Feteira era de dois corpos. Provavelmente descobre-se-a na fotografia do >apeadeiro do Areeiro.
Cumpts.


De Bic Laranja a 10 de Março de 2013 às 00:18
O chão do n.º 83 da Av. do Aeroporto, porém, era outra propriedade: a Quinta de Santa Luzia.
Cumpts.


Comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Visitante

Contador
Selo de garantia
Pesquisar
 
Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

Arquivo

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS
----