Quinta-feira, 30 de Março de 2006
Uma astúcia grosseira
  Os guardas Costas disputaram competências policiais. A coisa deu brado mas cheira-me que foi a fingir: um astuto batoteiro valeu-se da distracção judiciária para dissolver uma manilha de ouros.
  Os policias, esses nem deram pelo roubo.

Georges la Tour - O Batoteiro
O Batoteiro, c. 1620-1640
Georges La Tour
Óleo sobre tela, 106 x 146 cm, Paris, Museu do Louvre


Cf. a «manilha de ouros»  no Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado, p. 17.


Escrito com Bic Laranja às 22:52
Verbete | Comentar | Comentários (2)

Quarta-feira, 29 de Março de 2006
Portugal maior...

Livro ilegível... Portugal profundo:

Olhe que não! Olhe que não! [...]
Só vim fazer a rodagem ao carro.

Ou a História de Portugal resumida a  quatro Contos de réis.

É fazer as contas...

 

 

Livro ilegível
(http.paineis.org)



Escrito com Bic Laranja às 07:13
Verbete | Comentar | Comentários (7)

Segunda-feira, 27 de Março de 2006
Taifas

 Sabemos da História que houve avanço ou recuo na Reconquista conforme a maior divisão ou unidade do Andaluz: talvez por isso se haja conquistado Santarém e Lisboa no período das segundas Taifas...


Castelo de São Jorge (c) Bic Laranja
Colina do castelo tomada do monte de S. Gens, Lisboa, 2005.

 Desaprendi há dias que a fragmentação em Taifas se chama agora regionalização técnica.



Escrito com Bic Laranja às 06:52
Verbete | Comentar | Comentários (12)

Domingo, 26 de Março de 2006
O 301

 Três anos após descobrir o percurso do 55 com uma poupança de 5$00, tornei-me freguês habitual deste autocarro. Prosseguir para o 7º ano deu-me então direito ao passe: o percurso diário era até ao Arco do Cego, onde era a escola.
  Havia um 55 de 20 em 20 minutos; ao todo havia quatro carros fazendo esta carreira. Costumava apanhar o das sete e cinquenta, que dava para chegar, o mais tardar às oito e cinco.
 Ora, calhava que, saindo da escola à uma da tarde, era o mesmo carro que apanhara de manhã que vinha de volta e que eu apanhava. O autocarro que mais me transportou nestas andanças de 55, lembra-me muito bem dele: foi o 301.
  Naquele tempo, o 301 somaria por certo mais de vinte anos ao serviço da Carris. Pois bem: este autocarro conseguia o notável feito de subir a íngreme ladeira nascente da Alameda de D. Afonso Henriques em 2ª. Chegava a subi-la em 2ª mesmo sem ganhar embalagem, por encontrar vermelho o semáforo do cruzamento com a Rua Rosa Damasceno. Lembro-me de andar noutros 55 que só conseguiam subir em 1ª. E era se fosse: alguns paravam por altura da Rua Actor Vale e não subiam mais. Eh pá! Lá tinham de ir os passageiros a pé até ao cimo da rampa onde ficava uma paragem; ali ficavam à espera que o autocarro conseguisse acabar a subida sem carga. Caso contrário era esperar pelo próximo. Muita gente aborrecia-se e ia-se embora a pé.
  Hoje nenhum autocarro da Carris enfrenta a ladeira nascente da Alameda.
 O 301, que vedes aí numa fotografia de 1999, se existir, há-de ter à roda de cinquenta anos.

Imagem original em webshots.com
DD-56-73 - Carris 301, Algés, 1999.
Fotografia: Marco Lindo - AEC Society.



Escrito com Bic Laranja às 12:29
Verbete | Comentar | Comentários (14)

Sábado, 25 de Março de 2006
Professor Baltasar

Bal-Baltasar. Bal-Baltasar. Bal-Baltasar Baltasaaaar.
Bal-Baltasar. Bal-Baltasar. Bal-Baltasar Baltasaaaar.
Baltasaaaar.
Baltasaaaar.



Novos episódios:


  Regjonaliczja Technjka

 

 

  Referenda decizija Legjslatjka 2009
 


Música: Tomica Simovic in Mistério Juvenil, e Zokratcej in Govreniczija Tuga; imagens: TV-Kult.



Escrito com Bic Laranja às 08:07
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Sexta-feira, 24 de Março de 2006
E.N. 249, vulgo Rua Elias Garcia
Um artigo algo...


Laboratório de Produtos Farmacêuticos Vitória na estrada de Benfica-Amadora, [Venda Nova], 1961.
Fotografia: Arnaldo Madureira, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..


Idem [encoberto pelo arvoredo], 2004.

... Gasolímnico.


Escrito com Bic Laranja às 21:54
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Quarta-feira, 22 de Março de 2006
Efeito bica

Elevador da Bica, Lisboa (N.Águas, 1983) Ao olhar interrogativo do rapaz do quiosque o freguês respondeu:
- São duas bicas, se faz favor!
A senhora que o acompanhava fez um sinal que não.
- Desculpe! Afinal é só uma - emendou o freguês para o rapaz. E adiantou € 0,50 sobre balcão.
Em pousando a bica o rapaz do quiosque avisou:
- É cinquenta e cinco.
Quando entregou a quantia que faltava, o freguês disse brandamente:
- Imagino que o patrão lhe paga mais que o mínimo.
- Por acaso não.


 

 

[Imagem daqui.]



Escrito com Bic Laranja às 21:35
Verbete | Comentar | Comentários (7)

Terça-feira, 21 de Março de 2006
Dia da poesia

 Vivaldi - As Quatro Estações: "Primavera"...

 

 

  A minha 2ª. classe... que saudades! Tranças loiras, fitinhas na cabeça, olhar malandro, trazia preso pelo beicinho o meu amigo Vitó... na altura, já gostava de Poesia, que o meu Pai me lia com frequência... A minha favorita já era (porque era do meu Pai) Florbela Espanca...
Poesia
Que beija as ervas do atalho escuro,
Amo as pedras, os astros e o luar
Amo as águas de anil e o doce olhar
Dos animais, divinamente puro.

Amo a hera que entende a voz do muro
E dos sapos o brando tilintar
De cristais que se afogam devagar,
E da minha charneca o rosto duro.

Amo todos os sonhos que se calam
De corações que sentem e não falam,
Tudo o que é Infinito e pequenino!

Asa que nos protege a todos nós!
Soluço imenso, eterno, que é a voz
Do nosso grande e mísero Destino!...


Delicadíssima lembrança trazida gentilmente às 4:40 da tarde pela Menina Marota.
Ilustração: Maria Keil e Luís Filipe de Abreu no tal
livro.



Escrito com Bic Laranja às 21:13
Verbete | Comentar | Comentários (2)

Segunda-feira, 20 de Março de 2006
A Primavera da 2ª Classe

0000wh7k


Comigo, foi em 1975.


A imagem é do respectivo livro.



Escrito com Bic Laranja às 21:14
Verbete | Comentar | Comentários (9)

Domingo, 19 de Março de 2006
Dormência

Há vezes em que fujo ao Mundo e o Mundo forma-se estranho cá na ideia...
O «Wall» tem muita carga orwelliana. Mas as ligações de ideias na mente são muitas vezes estranhas: no «Wall» sinto um mundo dormente, tremendo de fricção latente, pesadelo industrial pós-holocausto sem holocausto. Estranhamente surgem-me em paralelo memórias de excursões escolares em maios mais soalheiros: país afora aos doze anos, com a cambada da escola numa espécie de fuga e descoberta de novas vivências, de cenários novos. Talvez a ligação advenha do «teacher leave the kids alone» que se atirava aos professores.
  Luminosas recordações da infância ligadas ao sombrio muro...
Ao final, a criança está crescida, o sonho foi-se.
Tornei-me acomodadamente dormente.


Pink Floyd – Comfortably Numb
(Gilmour/Waters)

Hello?
Is there anybody in there?
Just nod if you can hear me.
Is there anyone at home?
Come on, now,
I hear you're feeling down.
Well I can ease your pain
Get you on your feet again.
Relax.
I'll need some information first.
Just the basic facts.
Can you show me where it hurts?

There is no pain you are receding
A distant ship, smoke on the horizon.
You are only coming through in waves.
Your lips move but I can't hear what you're saying.
When I was a child I had a fever
My hands felt just like two balloons.
Now I've got that feeling once again
I can't explain you would not understand
This is not how I am.
I have become comfortably numb.

O.K.
Just a little pinprick.
There'll be no more aaaaaaaaah!
But you may feel a little sick.
Can you stand up?
I do believe it's working, good.
That'll keep you going through the show
Come on it's time to go.

There is no pain you are receding
A distant ship, smoke on the horizon.
You are only coming through in waves.
Your lips move but I can't hear what you're saying.
When I was a childI caught a fleeting glimpse
Out of the corner of my eye.
I turned to look but it was gone
I cannot put my finger on it now
The child is grown,The dream is gone.
I have become comfortably numb.


The Wall
(Capitol -1979)



Escrito com Bic Laranja às 13:55
Verbete | Comentar | Comentários (9)

Quarta-feira, 15 de Março de 2006
A Queluz e Sintra

« Linha férrea de Oeste (até Cacém) e ramal de Sintra. Trajecto de 1 h 10 m nos tranvias, 54 m nos semi-rápidos (paragens de Barcarena em diante) e 47 m nos directos (1ª e 2ª classes, paragens só em Cacém e Sintra). Nas estações intermédias o embarque e o desembarque faz-se sempre pelo lado esq. da linha. » (1)


Estação de Algueirão-Mem Martins, c. 1953. (2)


Linha férrea Lisboa-Sintra, [s.d.]


(1) Raúl Proença, Guia de Portugal, 1º v., Generalidades; Lisboa e arredores,  1ª ed., Lisboa, B.N., 1924, p. 477. [Reed. da Fundação Calouste Gulbenkian, imp. 1991, que reproduz fielmente a 1ª ed. de 1924].
(2) Margarida Magalhães Ramalho, Comboios com História, Lisboa, Instituto Nacional do Transporte Ferroviário e Assírio e Alvim, 2000. p.75 - M1798 (foto amavelmente enviada por João).

Fotografias de António Passaporte, no Arquivo Fotográfico da C.M.L..

 



Escrito com Bic Laranja às 21:49
Verbete | Comentar | Comentários (12)

Terça-feira, 14 de Março de 2006
Veraneantes

O tempo primaveril aí está convidando ao veraneio.
Domingo, no barco para Tróia, de permeio com as azémolas, ele via-se belos puro-sangue...

0000pe2t
1 Jaguar, 2 Porsches, 1 Ferrari, rio Sado, 2006.

[Mais atrás no barco, seguia ainda um burrico mx-5.]



Escrito com Bic Laranja às 21:15
Verbete | Comentar | Comentários (4)

O Snif
 Deu na telefonia que a Universidade Nova pôs um aparelho a medir a poluição na 2ª circular, ao pé do colégio alemão. Baptizaram-no Snif mas podiam alcunhá-lo La Palisse: é que a engenhoca mostrou que, imagine-se, a poluição nesta segunda-feira foi mui maior que no sábado ou no domingo.
 Pobre Snif! Aquilo só lhe faz mal. Conheço uma árvore na avenida do aeroporto que se vê na cor do carvão com um 'trabalho' assim.

 0000kffh
 Av. Gago Coutinho, Lisboa, 2006.


Escrito com Bic Laranja às 07:07
Verbete | Comentar | Comentários (2)

Domingo, 12 de Março de 2006
Como era no tempo antigo (e ainda se usa)
 Correndo o risco de imodéstia por remeter os benévolos leitores para lugares que me referem em tom elogioso, julgo que pior seria não agradecer publicamente ao Manuel pela inspiração que tem sido o seu Gasolim (é excelente a composição dos Campos Elíseos!) e ao Paulo Cunha Porto pelas ( várias) referências elogiosas que faz a este blogo no seu Misantropo Enjaulado. A muitos mais estou em dívida; que me perdoem não os nomear agora aqui. Obrigado!

Avenida do Aeroporto, Lisboa, post. 1947.
Fotografia de Kurt Pinto, por cortesia de Lena F..


Escrito com Bic Laranja às 21:05
Verbete | Comentar | Comentários (9)

Jogo das cinco pedrinhas

 Com as cinco pedrinhas na palma da mão, cada jogadora atira-as ao ar e apanha-as com as costas da mão; volta a atirá-las para as apanhar desta vez com a palma da mão. Começa o jogo quem ficar com mais pedras na mão. A que começa coloca quatro pedrinhas no chão e de cada vez que atira ao ar a que tem na mão, procura apanhar uma das pedrinhas com a mesma mão. Se conseguir apanhar todas as pedrinhas do chão sem nunca deixar cair a que atira ao ar, volta a jogar, tentando apanhar agora duas de cada vez; se conseguir, prossegue o jogo, tentando então apanhar as quatro pedrinhas de uma só vez.
 A moça que traz o cântaro parece estar a ganhar...

N68077.jpgFoto de Ferreira da Cunha (1901-1970), no Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 07:47
Verbete | Comentar | Comentários (8)

Sexta-feira, 10 de Março de 2006
À última hora

Eléctrico  Esta é autêntica, colhida num desses paradoxais «eléctricos», fábrica de discussões e manancial de boas piadas.
 O carro vai à cunha, mas com jeitinho, há um lugar no estribo, conseguido - sabe Deus à custa de quanta canelada e pontapé - por uma senhora adiposa e de meia idade.
 O condutor repara e dirige-se à senhora, muito delicadamente:
 - Ó minha senhora, tenha paciência! Os homens ainda eu deixo que se transportem aí, mas as mulheres...
 - Pela sua saúde! É para ir para o hospital...
 - Ah, se é para «ir para o hospital», então está bem! Pode seguir...
 E seguiu mesmo!


Fontes:
Riso Mundial, nº 1, Lisboa, 26 de Junho de 1947, p. 2.
Fotografia de Ferreira da Cunha, no Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 19:26
Verbete | Comentar | Comentários (9)

Quinta-feira, 9 de Março de 2006
Pandemia de gripe dos patos bravos

"Não me venham dizer que não [há] já jogadas imobiliárias, porque eu não acredito, diz Godinho."
Jornal de Notícias, 4 de Março de 2006


Panorâmica da Junqueira e da Ajuda [vendo-se o liceu D. João de Castro], Lisboa, 1949.
Foto: Eduardo Portugal, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 20:52
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Gripe dos patos bravos

A rocha da Praia da Rocha vai ser abatida. O seu estado de degradação não justifica obras de conservação. Em seu lugar será construída outra, de idênticas características...


Praia da Rocha, Portimão, início do séc. XX.
Foto: Alberto Carlos Lima, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 20:52
Verbete | Comentar

Quarta-feira, 8 de Março de 2006
Jogar ao belindro

1ª, 2ª, 3ª, meio-piras, piras, matas.

A70463 berlinde
Fotos de Ferreira da Cunha (1901-1970), no Arquivo Fotográfico da C.M.L..




Escrito com Bic Laranja às 22:30
Verbete | Comentar | Comentários (7)

Terça-feira, 7 de Março de 2006
Notícia RTP 1 - 09:00
TV.gif    "Valentino, apesar dos seus 64 anos, não deixou de apresentar a sua colecção de vestidos..."

 Donde se conclui que o jornalista, em atingindo os 64, porventura se há-de espantar se não for um... inútil. 
 E segundo consta,  
Valentino nasceu em 32.




Nota: alfinetada via Fernando C.; imagem
daqui...



Escrito com Bic Laranja às 21:39
Verbete | Comentar | Comentários (4)

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
15
17

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Visitante

Contador
Selo de garantia
Pesquisar
 
Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Alpendre (O) (pub)
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Palaurossaurus Rex
Pena e Espada(pub)
Pequena Alface (Da)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

Arquivo

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS
----