Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008
Visita 44.663 (*)

Foi direitinha ao Algarve.
Algum freguês a precisar de férias ou a prova acabada que a Internete é uma confraria de Grandes Irmãos?



(*) Segundo o Sitemeter.


Escrito com Bic Laranja às 10:15
Verbete | Comentar | Comentários (7)

Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008
Correio registado

 Julgais fiquei à espera? Com 180 desgraçados à frente?!...
Antes de abalar atirei estrategicamente a uma funcionária que pousava o telefone:
 — Para cancelar a matrícula... Posso enviar os documentos pelo correio?
 Disse-me que informações era no balcão 1. Que tinha de tirar senha.
 — Sim senhora! Tiro então uma senha para o balcão 1 das informações... Mas diga-me cá! — segredei — Posso enviar os documentos pelo correio?
 Um leve sorriso que pôs já anunciava que se ia livrar de mim:
 — Sim! Pode enviar os documentos pelo correio.
 O problema foi depois quando telefonei para a D.G.V. para saber que mais documentos devia enviar.
 — Não pode enviar por correio!


Carteiro retirando a correspondência dum marco de correio, Corpo Santo (Lisboa), [s.d.].
Arquivo Fotográfico da C.M.L..


 Pois foi à mesma pelo correio!
 E foi porque sim!
 Porque se for obrigatório lá ir entregar os papéis então estou no estrangeiro. Na Europa.



Escrito com Bic Laranja às 22:02
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Demência maior

 Na antiga D.G.V. a Entrecampos cobram-me € 3,00 por um documento exarado da formidável base de dados que sustenta a realidade certa, atestando que 'não há pendentes' sobre uma coisa que não existe; dirigem-me depois para um balcão onde 180 utentes há que tiraram senha antes de mim... Todos por atender.

Garage Parisiense, Lisboa (P. Guedes, 1900...)
Um dos primeiros automóveis de Lisboa junto à Garage Parisiense, Rua Andrade Corvo (Lisboa), 190...
Fotografia de Paulo Guedes in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

  A A.S.A.E. não foi medir a qualidade do ar no local, senão - quais lareiras ou quais grelhados! - Proibia-se era o sovaco.



Escrito com Bic Laranja às 00:05
Verbete | Comentar | Comentários (8)

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008
Demência

 De repente vi-me por decreto dono de mais um automóvel. Uma 'herança' que um governo demencial me devolveu à posse apesar de a ter sido vendido a um sucateiro em 1991. O negócio foi legítimo: preenchemos o impresso, assinámos, eu entreguei o bem e recebi o pagamento ajustado. Desde aí a realidade esteve certa e só paguei Imposto Automóvel (com I.V.A por cima) dos carros que comprei; só paguei o selo dos carros que fui possuindo; só paguei 4/5 de imposto na gasolina que fui gastando...

Auto- Palace, Soc. Portugueza de Automoveis, Ltda. (P. Guedes, 190...)
Auto-Palace, Sociedade Portuguesa de Automóveis, Rua do Jardim do Regedor (Lisboa), 1908.
Fotografia de Joshua Benoliel in Arquivo Fotográfico da C.M.L..


 Em 2008 o governo diz-me que a realidade está errada e que a base de dados da Conservatória do Registo Automóvel é que está certa. A base de dados torna-se a realidade e sobre essa nova realidade - como sempre - a Fazenda, cobra imposto. Não importa que a coisa, o bem patrimonial, não exista. Nem importa que o Estado o tenha tacitamente reconhecido durante 17 anos. O que importa é encher o cofre da Fazenda à custa de coisa nenhuma. Segundo a imprensa: 3.000.000 de coisas nenhumas.



Escrito com Bic Laranja às 23:34
Verbete | Comentar | Comentários (8)

Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008
Omphalos

Delfos © 2007
Santuário de Apolo, Delfos, 2007.

 Está este blogo inchado a olhar para o umbigo. Há dias a Dona T. (sempre generosa e amiga) dizia que este aqui era um blogo muito bom, sim senhora (es). Ontem o sr. F.J.V. concedeu-me honras de Escrever Bem na sua Origem das Espécies. É porém mais justo que aqui lhes agradeça a gentilíssima menção que verdadeiro o merecimento da mesma.
 Obrigado!
 E agora quero apressar-me em tornar ao rumo pacato. Este blogo anda transviado e de mais a mais ouvi hoje alguém dizer que o calor dos holofotes pode fazer mal...
 Falta, por fim, cumprir a regra de referir cinco blogos muito bons, sim senhores. Pois são todos os cinco nas ligações à esquerda (não tresler o sentido de esquerda).



Escrito com Bic Laranja às 21:28
Verbete | Comentar | Comentários (14)

Domingo, 27 de Janeiro de 2008
C.S.I. em Altura

Quem raptou a mocinha inglesa afinal foi o Homem de Neanderthal (presumo que Neander seja da parte da mãe e Thal da parte do pai).
Assim se explica um crime tão desumano.
Caso encerrado.

Homo neanderthalensis (reconstituição)
Recriação dum homem de Neanderthal (Homo neanderthalensis).
Imagem da Enciclopédia Britânica.



Escrito com Bic Laranja às 21:48
Verbete | Comentar | Comentários (5)

Sábado, 26 de Janeiro de 2008
Vocalizos, e tipo, incendiar...

 Esta de "quero ver os peixes a bailar e as ideias a gritar" é onde as bastonadas vão dar?

 
Entre Aspas - Criatura da Noite
I.P.J. de Faro, 2000.


 Quero ver os peixes a bailar
E as ideias a gritar
Quero voar para, até ver,
O mar pegar fogo
E tipo, incendiar,
Até a luz, a luz me cercar
E eu voltar prò meu lugar.

[Vocalizos]
Apa pa pa pa pará...



Escrito com Bic Laranja às 09:31
Verbete | Comentar | Comentários (4)

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008
Legislador mentecapto

 Os sinais vêem-se amiúde e em variadas áreas. A linguagem espelha-o. Duas gerações de instrução pública nula vieram dar esta gente que, concluída a academia, não consegue articular duas ideias com nexo. - É a sabedoria dela que passa aos vindouros....
 No seu blogo do Sol escreveu em 16 o prof. Marcelo:

 "FUMO Lei do Fumo. Artigo 4º, número 1, alíneas a) e b): «1 – É proibido fumar: a) nos locais onde estejam instalados órgãos de soberania, serviços e organismos da Administração Pública e pessoas colectivas públicas; b) nos locais de trabalho». Perguntas: pessoas colectivas públicas não são Administração Pública e nos locais da alínea a) não se trabalha? Legislador de dó!"

 O prof. Marcelo é benévolo e queda-se aquém do mais grave problema: termos arribado a um estado em que comprovadamente os mentecaptos já redigem as leis.
 Pobres povos os que se regem por leis de mentecaptos. Não será mais que a sabedoria destes que passará aos vindouros....

Ordenações do reino, impressão de Valentim Fernandes
Rosto do Livro I das Ordenações Manuelinas (Lisboa, 1515).



Escrito com Bic Laranja às 07:05
Verbete | Comentar | Comentários (4)

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008
Notícia leitosa

 Hoje iam aumentar o leite. Dez cêntimos; 15%. Diz (dizia o senhor do Rádio Clube, entre outras razões extravagantes) que caíu a produção de leite por causa dos biocombustíveis: as pastagens foram para cultivar biocombustíveis, parece que é assim uma coisa...
 Dito desta maneira vejo o nexo: por diminuirem as pastagens há menos leite. Mesmo que as vaquinhas estejam lá todas na exploração pecuária e mesmo que continuem a ser alimentadas com ração. O nexo é que as ervas do pasto (bem espremidas) tanto dão leite como biocombustíveis; é conforme o botão em que se carregue. As vacas, essas, desde que a União multou Portugal pelo excesso de produção de leite, usam-se mais para enfeitar.

Santo André © 2006
Mu, Santo André, 2006.
(c) Luísa Gonçalves.



Escrito com Bic Laranja às 21:14
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008
Fábula e Verdade

 Neste tempo que corre já não sei o que é uma ou a outra...

Fábula e Verdade, José de Brito
José de Brito, (1855-1946), Fábula e Verdade.
Óleo sobre tela, 251 x 175 cm
Museu Nacional Soares dos Reis, Porto.



Escrito com Bic Laranja às 22:06
Verbete | Comentar | Comentários (5)

Domingo, 20 de Janeiro de 2008
Outra vez o rifão

A 20 de Janeiro, uma hora por inteiro; e quem bem contar hora e meia vai achar.

V.N. de Paiva &copy 2006
Auditório e Museu, Vila Nova de Paiva, 2006.



Escrito com Bic Laranja às 19:33
Verbete | Comentar | Comentários (2)

Sábado, 19 de Janeiro de 2008
Roupa estendida

Há dias era o estendal da Dª Luísa. Hoje seria porventura o de D. Luís?

Largo da Ajuda © 2008
Largo da Ajuda, Lisboa, 2008.



Escrito com Bic Laranja às 21:36
Verbete | Comentar | Comentários (14)

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
— Há c'rapau e sardiiinha!


Igreja de Santa Luzia (ou São Brás) e palácio Azurara, Lisboa, [1930-1939].
Eduardo Portugal in Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 06:14
Verbete | Comentar | Comentários (8)

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008
Portas do Sol (Sul)

 Miro o Largo do lado lá, da jenela daquela casa onde onte a vizinha nos olhava na rua com curiosidade. Lá vão alguns tipos alfacinhas fazendo-se às escadinhas da Rua da Adiça (R. Norberto de Araújo); mais uns ao pé da esquina para Santa Luzia - uma peixeira ali com a canastra à cabeça, pergunto-me, se a caminho da ribeira pela manhã ou finalmente para casa já com o peixe todo entregue?
 A frota dos licores Francisco Dias, Lda. está toda ali e o dia pardacento não me deixa perceber se já veio ou se ainda não foi à lide da distribuição...
 O dia está cinzento e o largo com pouco movimento (versejei). Quando passará o eléctrico aqui, que té gora não no vi?


Largo das Portas do Sol, Lisboa, 1939.
Eduardo Portugal in Arquivo Fotográfico da C.M.L..



Escrito com Bic Laranja às 23:15
Verbete | Comentar | Comentários (4)

Portas do Sol

 As Portas do Sol aquando das Peregrinações (vol. III) do Norberto de Araújo.
 Tinha este largo um ar cansado mas prestava-se a maior pitoresco. O eléctrico enfiava-se em via única na acanhada Rua do Infante Dom Henrique, como o 28 hoje nas Escolas Gerais. - Aposto que havia ali também raquetas de pingue-pongue a fazer de semáforo na porta dalguma taberna ou à janela dalgum vizinho. Outra vez: como o 28 hoje nas Escolas Gerais.
 O eléctrico da Rua da Conceição para a Graça - a carreira nº 10 - é de Julho de 1906, o que limita a data duma outra fotografia deste lugar que já aqui pus.
 As casas lá adiante cujas traseiras dão para cá são na Rua de São Tomé e sobre elas espreita a torre da igreja de Santa Cruz do Castelo. Todas elas foram demolidas para desafogo do sítio.


Largo das Portas do Sol, Lisboa, 1939.
Eduardo Portugal in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

 Entre o muro e a casa das janelas de guilhotina ao centro em cima metia-se o beco de Santa Helena. Apenas dali ou das traseiras da fábrica de licores de Francisco Dias - um barraccão, no dizer de Norberto de Araújo - se desfrutava o admirável panorama por sobre o casario para São Vicente de Fora que hoje, com o largo mais desafogado, vós conheceis.


Beco de Santa Helena, entrada das Portas do Sol, Lisboa, 1939.
Idem.



Escrito com Bic Laranja às 06:11
Verbete | Comentar | Comentários (10)

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008
Os sacristas

Reprova-se por aí o prestamista por ter ido ao próprio cofre para abonar o filho.
Mas não será muito mais condenável os sacristães tirarem da caixa das esmolas para comprarem um templo só para si mais os da sua seita?

Nota de 1 dólar

A nota de 1 dólar norte-americano é da Quipédia.



Escrito com Bic Laranja às 21:13
Verbete | Comentar | Comentários (4)

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008
Alenquer e a Azambuja com aeroporto na Ota

Laranjeiras, Lisboa (c) 2005

A Azambuja e Alenquer sem aeroporto na Ota

Laranjeiras, Lisboa (c) 2005

Não entendo do que se queixam...


Panorâmica de Sete Rios e das Laranjeiras tirada da Rua de Campolide (2005).



Escrito com Bic Laranja às 22:19
Verbete | Comentar | Comentários (7)

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008
Francisco Dias, L.da

 Armazém de bebidas, segundo a legenda; a carroça deu lugar à camioneta; os candeeiros de pé - dás-me lume? - como o elevador luminoso do Páteo das Cantigas já lá não moram.
 Não procurei ainda quando puseram o eléctrico para as Portas do Sol mas quando descobrir talvez afine a data à de ontem. O resto está mais ou menos na mesma, embora um tanto mais sombrio, mas é do tempo.
 E por trás dos telhados do armazém vede lá, com toda a propriedade, São Vicente de fora de Lisboa.


Largo das Portas do Sol, 2-10, Lisboa, 1939.
Eduardo Portugal, in Arquivo fotográfico da C.M.l..



Escrito com Bic Laranja às 21:57
Verbete | Comentar | Comentários (5)

Domingo, 13 de Janeiro de 2008
No tempo dos portões

Uma Lisboa fora de portas também com portões...
E por trás dos telhados do armazém vede lá com toda a propriedade, São Vicente de fora de Lisboa.


Largo das Portas do Sol, 2-10, Lisboa, 1898-1908.
Fotografia do Arquivo fotográfico da C.M.l..



Escrito com Bic Laranja às 23:52
Verbete | Comentar | Comentários (4)

A manada

 O prof. Marcelo acabou de dizer na televisão que quem ganhou por duas vezes esta semana foi o presidente Cavaco: ganhou com não haver referendo e ganhou com o aeroporto da Ota passar a ser em Alcochete. Na mesma medida, se bem entendo o professor, o governo perde.
 O que ele se esqueceu, mas lembro-o eu, foi que há dez milhões da manada fora de jogo.

Bois, Ovibeja (c) 2007
Bois fora da manada, Ovibeja, 2007.



Escrito com Bic Laranja às 21:03
Verbete | Comentar | Comentários (6)

Abril 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13

17
18
19
20
22

24
27
28
29

30


Visitante

Contador
Selo de garantia
Pesquisar
 
Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Alpendre (O) (pub)
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Palaurossaurus Rex
Pena e Espada(pub)
Pequena Alface (Da)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS
----