Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011
Da grafia do vómito

 Até há dias, para as bandas da R.T.P., o 'p' do 'Egipto' era dito por todos. Orelhas moucas ou de burro o não captariam, mas ele soava em bom português do Minho a Timor. Nestes dias, os novos escribas brasileiros da R.T.P. parece que deram subliminarmente em convencer-me que numa terra com nome impronunciável há uma grande revolta de egícios. EGÍCIOS. Não cuido que tenham ficado aqueles escribas (mais) burros. Cuido mais que o 'p' do Egipto lhes deva estar guardado para algum pontapé no traseiro caso não verguem a espinha, por isso — lindos meninos — vamos lá a toque de caixa.
 Que a bota cardada do poder os não calque demais.

 

Escriba egípcio em pose canónica, Museu do Louvre (In Faraó e Companhia, 5/1/2011 )
Escriba egípcio em pose canónica, Paris, Museu do Louvre.



Escrito com Bic Laranja às 17:50
Verbete | Comentar

16 Comentários:
De Carlos Portugal a 3 de Fevereiro de 2011 às 19:41
Caro Bic:

Esta canalha quer institucionalizar a imbecilidade, a estupidez e a incultura para que a população se reduza a povoléu e seja mais facilmente dominável. Chegam ao ponto de quererem obrigar os professores de Português a alterarem não só a grafia de muitas palavras para «brazuquês» como também a sua pronúncia (!). Assim, já alguns se queixam de que os querem obrigar a ministrar aos alunos a imbecilidade que é escrever e dizer «hormônio» em vez de hormona, e muitas calinadas semelhantes.

O problema é que se queixam e nada fazem, nem sequer ridicularizar junto dos alunos a incultura desta cambada desgovernativa, fazendo-os comparar as grafias - dizendo que, como ministros, secretários de estado, «boys» e políticos em geral são pouco mais do que analfabetos, querem que todos também o sejam por decreto, para a sua insuficiência crassa não avultar tanto.

Os meus filhos, por exemplo, já fizeram constar aos respectivos docentes que escreverão sempre em Português, e não na «novilíngua» importada das favelas.

Enfim, tempos bem tristes estes, Caro Amigo...

Cumprimentos.


De Bic Laranja a 3 de Fevereiro de 2011 às 22:40
Bem verdade.
Cumpts.


De PALAVROSSAVRVS REX a 4 de Fevereiro de 2011 às 02:25
Tal e qual, meu caro. Eu resisto e resistirei. Abraço.


De euro-ultramarino a 3 de Fevereiro de 2011 às 21:01
São uns completos idiotas, além de patéticos subservientes. Mas as negociatas com as "conversões", re-impressões, cursos, colóquios, etc., serão uma maravilha. Vamos resistir com todas as "letras"!
Abraço amigo.


De Bic Laranja a 3 de Fevereiro de 2011 às 22:52
Conto que acerte em cheio nos queixos dessa alvar deputação em S. Bento a I.L.C. contra o aborto gráfico, com a tonelagem completa das 35.000 assinaturas de eleitores nacionais, em papel, em tantas folhas A4. É assim que eles exigem. É assim que eles merecem.
Cumpts.





De Luísa a 4 de Fevereiro de 2011 às 12:17
Confesso que o "p" de Egipto, na oralidade, vai e vem conforme as pessoas que me rodeiam. Ainda não percebi o fenómeno, simplesmente me apercebi dele há pouco tempo e não consigo dominá-lo. Já egípcio é sempre egípcio, seja na escrita, seja na oralidade. Quando li a palavra não a reconheci, apesar de ter a verdadeira mesmo ao lado!!!!
Esta gente quer fazer tanto que só faz porcaria, para não dizer outra palavra mais forte...
Quanto àa pronúcia (algo dito num comentário) e ao hormônio só digo uma coisa: medo!! Onde vamos parar??
Cada vez que penso que trabalho com brasileiros e eles não têm grandes problemas (e estes são a nível de vocabulário!) a entender-me, pergunto-me se os senhores à frente deste projecto (estúpido) saberão escrever o seu nome...


De Carlos Portugal a 4 de Fevereiro de 2011 às 14:19
Cara Luísa:
Não sabem... Mandam o secretário escrever por eles...
Estamos em plena Era da Ignomínia...

Cumprimentos.


De Bic Laranja a 4 de Fevereiro de 2011 às 21:46
Querem legar o nome para a posteridade. Se possível carregado de consoantes etimológicas, que sempre é marca de pergaminhos.
Que corja!
Cumpts.


De NanBanJin a 6 de Fevereiro de 2011 às 10:24
Haja Deus!

Valha-nos a blogosfera enquanto frente de resistência.

Era apelar a um boicote geral a toda esta horda de vendilhões da banha da cobra que nos quer forçar a meter o brasileirês casa adentro, isso é que era!
Canais de informação?
Temos a net e os canais anglófonos, francófonos, hispanófonos e do que mais nos possamos valer. Livros?
Temos os clássicos e tudo quanto foi publicado até há chegar este embuste do (des)acordo. Hão-de chegar-nos por muitos e bons anos.
Tudo o demais é só pegar no lápis e rasurar cada erro, cada falta, cada omissão. Nem mais, nem menos.
Ceder mais um milímetro de terreno a esta chusma é que não!
Nem uma consoante que seja nos hão-de tirar.

Com os meus amigáveis cumprimentos,
do Japão,

Luís Filipe Afonso


De JPG a 6 de Fevereiro de 2011 às 12:57
Já subscreveu a ILC?


De NanBanJin a 6 de Fevereiro de 2011 às 14:04
Creio que sim.
Mas se for caso, subscrevo 2ª vez!



De Bic Laranja a 6 de Fevereiro de 2011 às 17:06
Já me ocorreu o que diz. Continuaríamos como dantes. Todos - escritores, leitores, livreiros, professores, redactores, jornaleiros, revisores, publicitários -, todos na maior indiferença à afronta. A assembleia resolvendo, o governo decretando, e o Diário da República inalterado (ah! nobres portugueses da Imprensa Nacional). Para vergonha da medrosa R.T.P. e do espesso saco de plástico.
Cumpts.


De Carlos Eduardo Borges a 6 de Fevereiro de 2011 às 23:20
Nós precisamos de uma profunda regeneração em todas as vertentes da vida nacional. Precisamos de uma radical alteração deste regime sem prejuízo dos direitos civis consagrados na Constituição. "Isto" não é Portugal.


De Bic Laranja a 9 de Fevereiro de 2011 às 11:20
Isto é o que sobrou de Portugal. Um dejecto.
Cumpts.


De Luís Bonifácio a 7 de Fevereiro de 2011 às 22:59
Eu acho que os os tinham mais a ver com o roubo do P, que com o Mubarak.

http://novafloresta.blogspot.com/2011/02/indignacao-no-egipto-e-contra-o_04.html


De Bic Laranja a 9 de Fevereiro de 2011 às 11:29
Ora bem! E a 'mídia' mostra tudo como é.
Cumpts. :)


Comentar

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Visitante

Contador
Selo de garantia
Pesquisar
 
Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

Arquivo

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS
----