6 Comentários:
De Joe Bernard a 16 de Março de 2017 às 19:21
QUANDO OS DERROTADOS SÃO OS 'VENCEDORES'

O VVD passa de 43 para 33 deputados, ganhou!
O PvDA passa de 38 deputados para 9, ganhou!
O ‘maldito’ PVV passa de 15 para 20 deputados, perdeu!
E assim por diante, pode ler-se na imprensa de referência portuguesa e estrangeira.
Maior desinformação não pode ser. A Europa continua, alegremente, para o seu fim histórico.
Quando um partido passa de quarto para o segundo mais votado, quando aumentou em 33% o número de deputados eleitos, a par da descida acentuado dos dois principais partidos governamentais, um de 41 deputados para 31 e o outro de 38 deputados para 9, e é considerado o principal derrotado, algo está podre no reino da Holanda, na UE e no resto do mundo.
Diz o Povo, e com razão, «o mais cego é aquele que não quer ver»!


De Bic Laranja a 18 de Março de 2017 às 15:07
Muito pertinente comentário.
Ilustrativo da intrujice que se tornou o jornalismo.
Cumpts.


De João José Horta Nobre a 16 de Março de 2017 às 23:11
O máximo que o Mark Rutte teve foi uma vitória pírrica:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2017/03/a-vitoria-pirrica-de-mark-rutte.html


De Bic Laranja a 18 de Março de 2017 às 15:08
Bem verdade... que é preciso esconder.
Cumpts.


De Mandarinia a 17 de Março de 2017 às 08:29
Por cá também quem ganha perde e quem perde ganha. A história do alívio é que me deixa perplexa. Estes jornalistas não deveriam ser mais neutros?


Comentar