7 Comentários:
De Mandarinia a 3 de Novembro de 2017 às 04:27
Coisa rara e pouco vista, de facto é de assinalar.


De Bic Laranja a 4 de Novembro de 2017 às 11:20
Sim. Mas do que vi dos interiores conformados ao despojado (paupérrimo) gosto do moderno, desconfio que os frescos, era uma vez...
Cumpts.


De Valdemar Silva a 4 de Novembro de 2017 às 13:51
Era uma vez os interiores e frescos dos edifícios anteriores aos de agora ao lado deste (construções dos finais anos 60).
Valdemar Silva


De Bic Laranja a 5 de Novembro de 2017 às 09:31
O gosto despojado de ornamento é ausência de gosto. Uma negação.
Cumpts.


De José Lima a 6 de Novembro de 2017 às 00:34
Não desmerecendo os frescos, creio que mantêm-se belíssimos andares.

http://residential.jll.pt/empreendimento/republica-37-lisboa/?emp=3891388#.Wf-tenZpHIU


De Bic Laranja a 6 de Novembro de 2017 às 12:16
É verdade. Mas perderem-se os frescos...


De Bic Laranja a 6 de Novembro de 2017 às 12:21
Da descrição do empreendimento:
Qualidade e conforto em 27 apartamentos exclusivos. Construído no século XIX &c.
.
Ora! A notícia de vistoria e a atribução do nº de polícia indiciam a conclusão do prédio; foi dado como pronto a habitar em... 1924!
Mas são uns belíssimos andares.


Comentar