Sábado, 25 de Março de 2017
Bran-de-bur-go

 As nojícias na sociedade industrial de concentrados (S.I.C.-N) forram-se da melhor cultura de contentor. Do escriba do teleponto, à menina locutora, como mesmo à madame, sai Bràdemburgo por Brandeburgo.
 E ainda há quem aflore a benzer este jornalixo. Farto-me de rir. Nem tomam noção do ridículo.

 

«Portas de Brandeburgo» in Infopédia, Porto, Porto Editora, 25/III/2017.


(Este verbete verbera a Edição da Noite, S.I.C.-N., às 21h59 do dia seguinte ao atentado de Londres do ano de 17 — Na Alemanha, também muita gente a querer prestar homenagem às vítimas dos atentados [não foi só um?] em Londres; as portas de Bràdemburgo foram iluminadas &c. — O verbete da acordita Infopédia é apresentado com ortografia correcta e publicidade a causa nobre por consideração ao benévolo leitor.)



Escrito com Bic Laranja às 12:18
Verbete | Comentar

9 Comentários:
De [s.n.] a 26 de Março de 2017 às 02:13
Ainda bem que voltou ao tema "tropeções na gramática". Estou há vários dias para chamar a atenção de alguns desses defeitos dos meninos/as das televisões, convidados, políticos, polítólogos, jornalistas, etc.

Há dezenas de anos que estas personagens acima cometem erros de semântica porque não se dignam ir verificar a um simples dicionário o que determinados vocábulos significam na nossa língua e no caso a francesa de que copiam aqueles, pensando que estão a ser muito eruditos no arrazoado que bolsam. Há ainda outra moda: "confesso" eles agora pronunciam 'confêsso'! Outra: desde há tempos imemoriais, isto é, desde o 25/4 que a geração mais bem preparada de sempre incluíndo políticos, em vez de pronunciarem correctamente "paradoxo" pronunciam 'paradôxo'! Lindo...

Outro caso ridículo. Todos eles repetem constantemente "questão" quando fazem uma pergunta a alguém, assim: "queria fazer-lhe uma questão" querendo eles dizer "queria fazer-lhe uma PERGUNTA". O substantivo francês "question" , tanto quanto o inglês "question", significam de facto "pergunta", mas por amor de Deus, QUESTÃO em PORUGUÊS significa ASSUNTO e não PERGUNTA. Párem de dar pontapés na gramática.

Volto à Conceição Queiróz. Deixei de ver os telejornais que esta rapariga apresenta aos sábados e domingos, pois não suporto ver aquela cabeleira HORRÍVEL. É de fugir a sete pés olhar para aquele cabelo. E não é por ser encarapinhado, não, é simplesmente porque em televisão tudo o que não é harmonioso é de mau gosto, seja a roupa desadequada, maquilhagem exagerada, adereços despropositados, jóias (falsas ou não) em quantidades industriais, etc. Portanto, mesmo que a roupa da Conceição seja mais ou menos, a cabeleira é ultra feia, deselegante e despropositada para quem apresenta telejornais. Em reportagens do exerior ainda vá que não vá, mas em estúdio semelhante figura não se suporta.
Maria
(cont.)


De [s.n.] a 26 de Março de 2017 às 03:11
Esta rapariga, Conceição, persiste noutro defeito inadmissível, não pronuncia o "a" seja ele preposição seja artigo definido, assim como também não o faz quando o vocábulo começa por "a", por ex. "amanhã" (não pronuncia o "a" inicial; na frase "até amanhã" ela diz "até manhã"!... assim como o não faz em todas as palavras inicadas por "a". Incrível. E demasiadamente mau para ser admissível.

Há uma Susana Pinto na SIC-N que apresenta um programa que se baseia em acompanhar um ou uma artista ou cantor/a à terra onde nasceram e cujas personagens, algumas, até são interessantes de se ouvir e por isso sigo com agrado algumas delas. Mas esta rapariga tem um defeito também insuportável, são as gargalhadas estridentes e irritantes ao máximo que solta a propósito e a despropósito e tem um modo de falar extremamente agressivo, mais parece estar a mandar os entrevistados "àquela parte"... Horrível. As gargalhadas após cada palavra ou frase são um absoluto pavor. Mesmo quando é ela própria a falar, acrescenta d'imediato uma gargalhada!, tenha ela graça ou não tenha e normalmente não tem a mínima. E faz o mesmo a cada palavra ou frase nas respostas que o entrevistado profere! Mas não há ninguém na SIC que aconselhe esta rapariga a não dar gargalhadas, seja a que propósito for?!?

Há um João Moleiro na SIC sem jeito algum para o cargo que voltou a ocupar após largo tempo longe da nossa vista, intervalado por um prograna de entrevistas a altas horas da noite do mais piroso e sem qualquer interesse, não pelos convidados mas por ele que não vale nada como entrevistador ou locutor, programa este que durou pouco tempo, creio eu. Pois agora esta encomenda voltou a ler telejornais!! O homem só grita, fala com os dentes cerrados, ainda por cima é delfo e não tem perfil nem presença nem cultura geral para estar perante as câmaras. Já escrevi anteriormente sobre os defeitos deste rapaz, a propósito de um programa de entrevistas (tardio... para passar despercebido, é de crer) que ele apresentava e no qual ele dava um péssimo espectáculo (o mesmo aconteceu aquando dos Óscares, em que ele e outra colega faziam a apresentação do mesmo e ele foi de tal modo mau que saiu a meio, deixando a colega sózinha, dando esta perfeitamente e muito melhor conta do recado) mas desconfio que é por isso mesmo que o director resolveu dar-lhe maior protagonismo, num acto de masoquismo que só visto. Já fizeram o mesmo a outros/as, locutores/as e apresentadores/as, perfeitas nódoas, que depois de fortemente criticados foram logo de seguida colocados a apresentar novos programas ou o telejornal à hora de maior audiência... Mais parece tratar-se de uma vingançazinha desses directores de programação, que dizem de si para consigo "ai criticam-no/a (locutor/a, jornalista, apresentador/a) por falta de jeito no programa que apresenta, pois vão aguentá-lo/a num próximo em que irá estar ainda em maior evidência". Isto é puro masoquismo. Ou melhor, é estupidez e incompetência elevadas à máxima potência. Ou porventura oportunismo porque se calhar, o que é mais certo, essas nódoas são filhos/as de políticos - lembremos a filha do inenarrável Ferro Rodrigues que por ser filha deste, tem emprego pra vida sem ter grande jeitinho e, para azar dela, sempre que a vejo mudo logo de canal porque parece-me estar a ver o repugnante pedófilo do pai; o Rodrigo Guedes Carvalho que está onde está para durar por ter tido outra bruta cunha, porém como locutor não vale nada, é antipático e inculto; a fraquíssima Dina Aguiar, permanentemente afónica, levada para a RTP com uma bruta cunha do Joaquim Letria e em vez de estar noutro local da mesma RTP, está a apresentar notícias!... - netos, sobrinhos, amigos...
Maria


De [s.n.] a 26 de Março de 2017 às 17:15
Corrijo um lapso, a Susana Pinto pertence à TVI.

Os jornalistas que interrogam políticos e pessoas, outras, façam um simples exercício de imaginação e quando quiserem ir fazer perguntas aos ditos, digam primeiro em voz alta e antes de os irem entrevistar, a seguinte frase: "deixe-me fazer-lhe uma questão=um ASSUNTO"..., quando o que eles na verdade querem é "fazer ou pôr perguntas" aos visados e não 'fazer-lhes assuntos' para o mesmo efeito...

Por amor de Deus, aprendam a falar na perfeição o português, mais que não seja por estarem a fazê-lo para milhões de portugueses (tanto cá como no estrangeiro) que através de programas, debates, telejornais e no linguajar dos políticos e dos convidados, aqueles vão aperfeiçoando a nossa língua. Não se esqueçam que a língua portuguesa é o nosso bem mais precioso a par da nossa terra-mãe e como tal deve ser defendida, acarinhada e tratada com o máximo respeito.
Maria


De muja a 26 de Março de 2017 às 14:58
É de bradar ao burgo, aos céus e sabe-se lá a quem mais... que não há quem nos acuda.


De Bic Laranja a 1 de Abril de 2017 às 08:39
Nada disto levará emenda. Passámos há muito o limiar do que éramos.
Cumpts.


De [s.n.] a 26 de Março de 2017 às 20:58
Recebeu o meu último comentário? Se calhar não... Cliquei inadvertidamente no designativo "responder", o que não devia ter feito. Também me aconteceu o mesmo já vai para bastante tempo e quando nessa altura o avisei do lapso, fez o favor de o recolocar na devida caixa.

Este, agora, foi só para fazer uma correcção e especificar algo relacionado com o que havia escrito nos dois comentários anteriores. Desculpe o incómodo:)
Maria


De Bic Laranja a 26 de Março de 2017 às 23:53
Moderei os comentários aqui.
Cumpts.


De [s.n.] a 27 de Março de 2017 às 16:14
Ah! Então foi isso:)
Maria


De [s.n.] a 28 de Março de 2017 às 10:58
Senhora Dona Maria,

"Essa" Susana Pinto, não trabalha na SIC-N mas, na TVI.

Quanto ao resto é lá consigo...

Zé das Caldas


Comentar

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Visitante

Contador
Selo de garantia
Pesquisar
 
Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Pequena Alface (Da)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Ultramar

Arquivo

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS
----