12 comentários:
De Bic Laranja a 21 de Novembro de 2006
Obrigado! A sua resposta seguiu por correio. Cumpts.
De Hugo a 21 de Novembro de 2006
ola caro amigo

cumprimentos para o vosso blog !

e possivel gravar este foto para publicar no meu blog sobre Montemor-o-Novo e no meu blog sobre postais antigos ?
http://postaisportugal.canalblog.com

http://montemoronovo.canalblog.com

ate breve
Hugo
De Bic Laranja a 19 de Novembro de 2006
Impressionante! Cumpts.
De Manuel a 19 de Novembro de 2006
Notável.
Abraço
De Bic Laranja a 19 de Novembro de 2006
Muito obrigado, sr. Zé, pelo seu valioso comentário. É admirável ter começado com uma fotografia dum lugar ignorado, haver identificado o lugar por mero acaso e finalmente isto... Além da ironia de a fotografia 'pela direita' mostrar um centro do P.C.P. numa casa à esquerda de quem sobe. Obrigado e cumpts.
De a 19 de Novembro de 2006
Caro amigo, há coisas mesmo incríveis! Acredite ou não, a casa onde o Auto-Gazo esteve instalado, é presentemente propriedade de uma tia minha, razão por que a conheço perfeitamente.Claro que o Auto-Gazo desapareceu há muito; aliás, nem supunha que uma coisa deste género tivesse existido por ali alguma vez. Hoje está lá instalada uma barbearia. No rés-do-chão, nas duas portas mais à esquerda, funciona actualmente uma farmácia. Para a casa propriamente dita, entra-se pela terceira porta a contar da esquerda. Ah, do lado oposto àquele onde estão os senhores anafados e de chapéu sentados à mesa (aí ainda hoje existe um café), funciona - imagine - um centro de trabalho do PCP...
De Bic Laranja a 19 de Novembro de 2006
Obrigado Intemporal! // Calhou bem, Caiê. // A alimária arranjou trabalho na desempanagem, lembra-se Paulo? // Quer ver que algum dos carregadores seniores era uma das crianças, Luar... // Obrigado Tron! // Cumpts. a todos
De tron a 19 de Novembro de 2006
Cada vez melhor
De Luar a 19 de Novembro de 2006
Gosto das duas criancinhas de calções (sim...pois ainda não tinham idade para calças compridas) que estão a olhar para a fotografia.
Lembrou-me também um concerto que demos lá no cine-Teatro Curvo Semedo em que tudo correu mal, desde os carregadores terem mais de 60 anos a 1 que tinha perna de pau, a chover lá dentro... O que não se fazia a bem da descentralização cultural... ai que saudades!!!
De Paulo Cunha Porto a 19 de Novembro de 2006
A simpática alimária em fundo parece ostentar o ar comprometido de quem está para perder o emprego. Isto é que era máquina, sem os exageros de hoje! Abraço.

Comentar