9 comentários:
De Bic Laranja a 16 de Julho de 2006 às 17:32
Acertou, Dª Rosmaninho: é a Praia da Comporta. // De facto, srª Padeira, [ainda] é um lugar muito sossegado... // Entendeu muito bem, caro Manuel. Obrigado e um grande abraço para si também! // Parece-me que estão acabando com eles, caro Zé!... // É um grande e genereoso elogio que me deixa, amigo Cunha Porto. Tivera eu tais dotes e seria merecido. Muito obrigado! // Contento-me por saber que em 31 hão-de-se matar saudades, amiga Luar. // Muito obrigado pelas nobres palavras, D. Afonso. Portugal tem cada vez menos destas coisas... // Calorosos cumpts. a todos vós. Obrigado!
De Luar a 9 de Julho de 2006 às 22:41
amigo aguenta que dia 31 já estou por esse areal... Eu e elas!
De Afonso Henriques a 7 de Julho de 2006 às 00:41
O Bic Laranja é transporte obrigatório para retemperar forças nesta caminhada parva a que chamam vida.
Melhor ainda quando tem paragens no alentejo, entre outras. Mesmo que a praia seja trigo e não mar a perder de vista.
Portugal tem destas coisas. Com saudade, muita, à mistura.
Cumpts
De luar a 3 de Julho de 2006 às 15:13
Fiquei com saudades da minhas filha e da minha neta, eu aqui e elas ai!
De Paulo Cunha Porto a 2 de Julho de 2006 às 10:12
Qualquer deserto para onde vá o Bic Laranja transforma-se logo num jardim e num pomar, tais são a exuberância e o sumo de Um Tal Bloguista. Para mais nesse Alentejo que eu amo e em que vivi treze deliciosos meses. Abraço.
De a 1 de Julho de 2006 às 14:32
São Torpes? Morgavel? Praia da Ilha do Pessegueiro? Praia do Queimado? Definitivamente, grandes sítios, dos últimos que restam em Portugal...
De Manuel a 1 de Julho de 2006 às 14:24
Meu Caro: Se bem o interpretei, desejo-lhe umas boas férias. Seja nas costas da minha Pátria alentejana, seja onde fôr. Um grande abraço e espero que volte cheio de vontade de continuar este blogue.
De padeiradealjubarrota a 1 de Julho de 2006 às 05:33
Que bom, que paz, que sossego!Onde é???
De Rosmaninho a 30 de Junho de 2006 às 14:42
Era bom que os desertos fossem todos assim, cheios de mar. Parece-me ser na Península de Tróia, acertei? Ou será mais para sul ainda?

Comentar