16 comentários:
De Bic Laranja a 20 de Abril de 2006
Enquanto estas paredes se mantiverem hei-de continuar a escrever nelas. (O blogo novo remete para cá, mas para entrar directamente usa-se http://biclaranja.oldblogs.sapo.pt ) Cumpts.
De Jorge Lucas a 6 de Maio de 2010
O frontal estilo barroco que vê do lado esquerdo da Quinta do Assentista é o portal de entrada da quinta, de facto existe uma pequena capela da quinta mas sim no seu jardim de interior.

Jorge Lucas
De luar a 20 de Abril de 2006
Agora fiquei baralhada, voltaste a mudar de casa??? E deixaram-te? Ainda bem.
De Bic Laranja a 20 de Abril de 2006
Actualmente parece-me que se (ab)usa o «barbarismo 'fee' para dizer «quantia assente». Cumpts.
De Bic Laranja a 20 de Abril de 2006
Caríssimo amigo: é muito pertinente esta tua achega: 1) o vocábulo não se encontra no dicionário da editora Porto (ed. 2004); 2) Já o tinha topado no da Priberam da Internete e reencontro-o agora, com definição igual, no Domingos Barreira (4ª ed., 1984); 3) Quase garanto que a definição da Priberam foi decalcada deste último (ou ambas o foram doutra fonte comum): a «quantia estipulada ou 'ausente'» não faz sentido. Deveria ser «quantia estipulada ou assente». Cumpts.
De João a 20 de Abril de 2006
Caro “Bic Laranja”, julgo que a proximidade com o, ainda, campeão da língua portuguesa me está a afectar!
"assentista"
s. m., ant.,
fornecedor de mantimentos para as tropas, segundo quantia estipulada ou ausente.(Priberam - Língua Portuguesa "on line")
A propósito, o segundo campeonato, actualmente a decorrer, ao que julgo saber, está-se a revelar uma verdadeira “novela mexicana”!
Um abraço.
De Bic Laranja a 19 de Abril de 2006
Caro amigo: o chafariz foi mudado quando demoliram as casas. Parece, pois, que perdeu a função (e lhe dá razão a si). A quinta lá continua, quase na mesma. A dita beldade é que já não me parece... Cumpts.
De Paulo Cunha Porto a 19 de Abril de 2006
Meu Caro Bic Laranja:
considerando a Beldade que se desloca junto à parede respectiva, ainda bem que se trata de «Quinta do Assentista», cujo significado não é, para mim, claro, e não "Quinta do Absentista".
Quanto ao Chafariz, o brilho é ampliado pelo edifício adjacente. Suponho que a respectiva função é servir de suporte ao pano de fundo do mesmo.
Abraço.
De Bic Laranja a 19 de Abril de 2006
Talvez achem graça vivermos em casulos movidos a gasolina permanetemente parados em engarrafamentos. Cumpts.
De js a 19 de Abril de 2006
..esta é a observação que podemos fazer do nosso Portugal de há 40 anos ... fico curioso e a tentar imaginar como verão as pessoas daqui a 40 anos a forma como vivemos E ONDE VIVEMOS hoje ?...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt
De Bic Laranja a 19 de Abril de 2006
Uma cabala, mau caro amigo, que é como soi dizer-se. Cumpts.

Comentar