11 comentários:
De Bic Laranja a 24 de Fevereiro de 2006
Longe disso. Amabilidade sua, que agradeço! Cumpts.
De tron a 24 de Fevereiro de 2006
trabalho de pesquisa perfeito
De Bic Laranja a 18 de Fevereiro de 2006
Cá fica então o apelo. Votos da melhor sorte. Cumpts.
De Paulo a 18 de Fevereiro de 2006
Olá;
O Nuno Cabruja está em sérias dificuldades mas com muita esperança em nós!
Visita-o http://nunocabruja.blog.pt , Ajuda como te disser o teu Coração e divulga no teu bonito blog;
Conto contigo!
Um forte abraço;
De Bic Laranja a 18 de Fevereiro de 2006
Claro que reparou nos machos (ou mulas) com os cestos, atrás do calhambeque! Que estaria eu a pensar.Cumpts.
De Paulo Cunha Porto a 18 de Fevereiro de 2006
Foi o bichinho que me levou a escrever... "veículos". Uma delícia!
Ab.
De Bic Laranja a 18 de Fevereiro de 2006
Atenção! A estrada de Sacavém levava a Sacavém: este lugar é no Areeiro, em Lisboa; a vista que se perde ao longe é onde fica hoje o aeroporto da Portela, que se avista ainda hoje desde o Areeiro (um pouco mais ao lado, não daqui) e vice-versa também. Mas são vistas urbanas, não campestres como em 1938. Cumpts.
De Mocho a 18 de Fevereiro de 2006
Pouco conheço de Sacavem mas tenho a certeza que a fotografia será valiosa para quem por lá vive ou passa. Já agora, reparei nos "burricos e na fila de trânsito alternativo" graças aos vossos dois comentários. Para complementar, não vejo grades nas janelas e a vista que se perde no horizonte é hoje impossível de alcançar em qualquer parte da grande cidade em que nos encontremos. Fica bem.
De Bic Laranja a 17 de Fevereiro de 2006
E reparou nos machos (ou mulas) com os cestos, atrás do calhambeque? Cumpts.
De Paulo Cunha Porto a 17 de Fevereiro de 2006
Tão deliciosa como a arquitectura é a fila de... veículos, esperando pelo atravessamento. E não deixa de ser curiosa a coincidência do nome do retiro com a de um gelado mítico da minha infância que parece também estar em vias de extinção.
Ab.

Comentar