4 comentários:
De Bic Laranja a 30 de Dezembro de 2007
Esses jaquinzinhos... A Azai Ou Ceeé aprovam isso? Grato pelo convite. Boas entradas!
De marreta a 29 de Dezembro de 2007
Caros concidadãos blogosféricos,


ano novo, vida nova.


Dentro do espírito fraterno que nos une, o Marreta, juntamente com uma comissão de festas independente a eleger, propõe-se organizar um repasto-regabofe-farra gastronómica de confraternização, troca de ideias, ideais, e puro convívio degustativo e copofónico.


A localização do evento será escolhida com o acordo da generalidade dos comensais, no entanto o Marreta poderá desde já adiantar dois menús possíveis que de certo irão ao encontro dos diferentes gostos pessoais:


MENÚ 1:


- HORS D'OEUVRES:Pâté au trouffes
- SOPA: Consumé de perdiz
- PRATOS: Chateaubriand, Tornedó au molho de Bérnaise
- VINHO: Bordeaux tinto 1935
- SOBREMESA: Creme de frutas e cassis
- Café
- Whiskye Cardhu 50 anos


Preço: 100 euros/pax




MENÚ 2:


- ENTRADA: Pézinhos de coentrada, salada de orelha de porco, torresmos, azeitonas e tremoços
- SOPA: Caldo de beldroegas
- PRATOS: Grão com mão de vaca, Feijoada à Transmontana, Jaquinzinhos fritos com arroz de pimentos
- VINHO: Tinto a jarro, branco à pressão (origem e ano desconhecidos)
- SOBREMESA: Fruta da época, Baba de Camelo
- Café
- Bagaço caseiro, aguardente de medronho directamente do produtor


Preço: 9,50 euros/pax




Agradece-se a quem estiver interessado em comparecer que confirme o mais antecipadamente possível (através da caixa de comentários do blog), pois devido à previsivel enorme afluência, a reserva do restaurante terá que ser feita com alguma antecedência.


Aceitam-se sugestões de locais, restaurantes, ementas, datas e tudo o que por bem contribuir para o sucesso da grande farra.


A bem da blogosfera,
o Marreta.
De Bic Laranja a 29 de Dezembro de 2007
Fazem UU, fazem. Vão no bom caminho de fazerem uga! Cumpts.
De O Réprobo a 29 de Dezembro de 2007
Gosto muito do "does not need to be punched". Entre outras significações pode ter a de "não precisa de ser apalhaçado". Se fosse aos turistas levava a mal. Sendo português também levo, foram escolher o arqueada construção, com tanto ex-libris mais capaz. É uma brincadeira pegada, ou não nos fizessem UU. Abraço

Comentar