Domingo, 9 de Março de 2008

Chocolates vaquinha

Vaquinas castanhas, chocolate castanho; vaquinhas pretas, chocolate preto...
Chocolate branco, no caso.

Gado © 2008
E.N. 4 entre Passil e a Venda Velha, 2008.

Escrito com Bic Laranja às 23:34
Verbete | comentar | comentários (6)

E.N. 10 esta tarde

E.N.10 © Luísa Gonçalves 2008
E.N. 10, Taipadas, 2008.
(c) Luísa Gonçalves

Escrito com Bic Laranja às 22:45
Verbete | comentar | comentários (10)
Sábado, 8 de Março de 2008

Brigar

 Eu bem posso brigar aqui com os barbarismos enquanto a sr.ª D.ª Maria Cavaco folheia a 1.ª ed. d' Os Lusíadas que lhe puseram diante lá no Brasil. Mas por mais campeonatos de língua portuguesa que façam...
 Quando o meu irmão foi para a Escola Nuno Gonçalves (foi há quase 40 anos, notai) havia por lá um moço brigão que deu em atormentá-lo e que todos os dias lhe comia a merenda. Certo dia que soube, a minha mãe foi lá e disse ao brigão, enquanto lhe puxava requintadamente uma orelhinha: -- "Olha cá! Quando tiveres fome dizes aqui ao meu filho, que eu venho cá e compro-te um bolo e um copo de leite."
 Bullying é «uma nova expressão de violência», ouço ali na televisão. Nova?! A menos que agora as brigas, para terem mais chá, sejam praticadas com um bule.
 (Bule > bullying. Deve ser isso.)

Av. Gen. Roçadas, Lisboa (A.Goulart, s.d.)
Av. General Roçadas [e Escola Nuno Gonçalves], Lisboa, post 1963 1959.
Artur Goulart, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

(Revisto em 10/II/14.)

Escrito com Bic Laranja às 08:20
Verbete | comentar | comentários (11)
Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Da Medicina Legal

 Na sociedade do conhecimento todos sabem que o Português vem do Amaricano e que isso traz esta letradíssima eloquência de foro que me leva a crer que a  autópsia à menina espanhola vai ser feita num tribunal.

forense
Do Dicionário da Lingua Portuguesa da Porto Editora (5ª ed., 1974). 

Escrito com Bic Laranja às 21:45
Verbete | comentar | comentários (2)

Das etimologias

 Sobre a taxa de desemprego feminina hoje no R.C.P.:

" As mulheres continuam a ser penalizadas pelo facto de poderem vir a ser potenciais mães."

 Pleonasmo? Que é lá isso?!... É vasta erudição etimológica (poder e potência não têm a mesma raiz?). Se o analfabetismo é 'illiteracy' em Amaricano, então em Português só pode vir a ser potencialmente 'iliteracia', como é óbvio. Na sociedade do conhecimento não há ignorantes; todos sabem o valor - perdão, mais-valia - das palavras caras. E que o Português vem do Amaricano.

 


Demócrito em meditação
Salvator Rosa, c. 1650
Óleo sobre tela, 344 x 214 cm
Statens Museum for Kunst, Copenhaga.

 

Escrito com Bic Laranja às 20:57
Verbete | comentar | comentários (4)
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Entre campos

Ou que dizer do pêndulo entre o velho e o novo blogo...?

 

Rua de Entrecampos, Lisboa (E.Portugal, 1944)
Rua de Entrecampos, Lisboa, 1944-46.
Eduardo Portugal, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

Escrito com Bic Laranja às 00:20
Verbete | comentar | comentários (12)
Terça-feira, 4 de Março de 2008

Da sociedade do conhecimento

 É precioso o anglicismo 'iliteracia'. Denuncia quem o usa como iletrado. É que iletrado, além de analfabeto é também ignorante.

 

Significado de 'travessia'

Do Priberam, fazendo a travessia por meio duma ponte para... 

Escrito com Bic Laranja às 23:46
Verbete | comentar | comentários (2)

Das travessias

 Nem precisava dinheiro. Tivesse eu o fôlego fazia já uma travessia Chelas-Barreiro Xabregas-Barreiro. A nado.

 

Travessia à vela © 2005
Travessia à vela, Rio Tejo, 2005.

 

 [E ainda se põem a apregoar a sociedade do conhecimento.]

Escrito com Bic Laranja às 22:09
Verbete | comentar | comentários (2)

Vista da Penha de França

 Em 1857. A vista é tomada, estou em crer, do sítio do Hospital de Dª Estefânia. No pendor do Cabeço de Alperche o Caracol da Penha, entre muros. Havia de ir dar ao caminho de Arroios, julgo, não longe do lugar da fábrica dos lanifícios. Talvez neste tempo ainda lá existisse o palácio dos Mesquitela.

 

Tomás d' Anunciação, Vista da Penha de França, 1857 (Museu do Chiado)
Tomás d' Anunciação, Vista da Penha de França, 1857.
Óleo sobre tela 68,9 x 105 cm.
Museu do Chiado, Lisboa.

Escrito com Bic Laranja às 07:09
Verbete | comentar | comentários (6)
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Notas soltas

  1. Obrigado à equipa do Sapo pela diligente mudança dos títulos no cabeçalho de  navegação dos verbetes. E pelo destaque nos blogos do Sapo. E pelo destaque no portal do Sapo.

  2. Obrigado à Charlotte que no fim de semana passado acordou com este blogo em destaque. Só temo que a desarrumação da mudança que aqui se deu possa ter desiludido os seus leitores aqui chegados.

  3. N' A Fábrica dos Lanifícios de Arroios a datação (da minha autoria) diz que é de fins do séc. XIX. Pareceu--me que lá não havia carris e... Vendo à lupa, aquele poste que se lá vê não pode ter outra função que segurar os cabos eléctricos. A fotografia é posterior a 1901.

  4. Não me lembro de mais nada.

Escrito com Bic Laranja às 23:16
Verbete | comentar

Seis coisas como são

  Recebi do estimado confrade Euro-Ultramarino a batata quente de pôr aqui seis insignificâncias sobre mim. Tenho uma vaga ideia que já respondi a esta e na altura até contei uma história...
 Pois do que escrevi então cá fica nova edição mui revista e augmentada:
 1) gosto de dias longos e noites abafadas;
 2) aprecio conservar hábitos [e detesto mudar o que está bem apenas por questões de moda];
 3) aflige-me não haver limite para o aumento do P.I.B. [pois vejo que as lixeiras crescem sempre na proporção directa daquele crescimento];
 4) desconsolam-me os eufemismos politicamente correctos;
 5) não [já] tenho telefone móvel [mas esqueço-me frequentemente disso];
 6) um melão, não sendo pepino, sabe sempre a Verão; [isto para dizer que me sabe mal a fruta fora da época própria].

 Ora sendo as coisas assim, em lugar de penhorar meia dúzia com isso, antes deixo cá a Diana Krall que as aprecia na maneira que são.


Diana Krall - The Way You Are

Escrito com Bic Laranja às 00:00
Verbete | comentar | comentários (8)
Domingo, 2 de Março de 2008

A Fábrica de Lanifícios de Arroios

 Mais ou menos onde desmboca a Rua Marques da Silva, que desce da Penha de França.  Esta fábrica ficava por alturas do n.º 91-95. O que vedes prolongava um corpo de edifícios de aspecto industrial que começava, salvo erro, pelo n.º 83 ou 85. Tinham uma típica chaminé de tijolo, boa para as cegonhas fazerem ninho. Aqui nesta não se vê...

Fábrica de Lanifícios de Arroios, Lisboa [fins do séc. XIX](Arquivo Fotográfico da C.M.L., A1304)
Fábrica de Lanifícios de Arroios, Lisboa, [fins do séc. XIX].
Fotografia in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

Escrito com Bic Laranja às 11:30
Verbete | comentar | comentários (11)
Sábado, 1 de Março de 2008

Casa da partida

Jogo Monopólio, ed. Majora, 1961.  Aposto que dizem isto a todos, mas que dá um certo orgulho receber um comentário assim, isso dá.

 A nova plataforma de Blogs do SAPO faz hoje 2 anos. Dois anos depois, ainda prefere a antiga? :) Aqui entre nós que ninguém nos ouve, a razão pela qual ainda não terminámos a antiga plataforma, chama-se Bic Laranja. É desta?

 Enviado por Mª João Nogueira em 01/03/08 às 09:57 AM.

 Pode ser desta. Faço apenas um pedido: a equipa do Sapo que procure substituir o barbarismo em "post anterior/post seguinte" na navegação pelos verbetes individuais. Os títulos dos verbetes seria o ideal.
 E agora, deixo o estacionamento livre e avanço para a casa da partida.


Jogo do Monopólio, ed. Majora, 1961.
  

Escrito com Bic Laranja às 10:04
Verbete | comentar | comentários (13)

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____