Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

O maior artista do mundo

 Em 2002, salvo erro, não havia pivot televisivo que, em referindo-se a este artista, o não ferrasse com o epíteto de maior artista do mundo. Já ninguém se lembra. Melhor assim, que o mundo é pequeno demais para tantos maiores artistas.


"O maior artista do mundo" - Feel

Escrito com Bic Laranja às 21:09
Verbete | comentar

Rossio, anos 30, num dia de chuva

(Enquanto não encontro o galheteiro...)


Teatro Nacional de D. Maria II, Rossio, 1930-39.
Fotografia de Ferreira da Cunha.


C.M.L.: Arquivo Municipal, Rocio-Rossio: Terreiro da Cidade, Porto, Asa, 1990.

Escrito com Bic Laranja às 07:00
Verbete | comentar | comentários (5)
Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Histórias de domingo à noite

 Durante anos o professor José Hermano Saraiva foi o único que me marcou hora para ver televisão. Aos domingos à noite, depois do Telejornal do 2º canal, as fascinantes histórias sobre as nossas terras do velho professor eram uma bela maneira de fechar os domingos. Entretanto a R.T.P. foi baralhando o horário dos programas do professor e eu esmoreci na rotina certa dos serões domingueiros.
 Há poucos meses notei que a voz do professor lhe saía a custo, cansada, e que ele narrava as suas histórias em estúdio, aparecendo apenas fugazmente só no fim do programa. Causou-me certa apreensão o caso, mas resignei-me. Afinal são oitenta e nove anos.
 Pois nos últimos programas pude ver aliviado que a voz lhe sai cada vez mais clara e robustecida e que ele se vê de novo ao vivo nos lugares cujas histórias tão bem nos narra. Há uma semana foi a Sines, à casa de D. Vasco da Gama. Hoje foi com alegria que o vi com tempo radioso em Alcácer do Sal. Ainda bem.
 Os programas da série A Alma e a Gente, do professor José Hermano Saraiva, estão disponíveis na página da R.T.P.. Pena os da série Horizontes da Memória não estarem. A imagem é de lá.

Escrito com Bic Laranja às 21:35
Verbete | comentar | comentários (12)
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Não fui eu quem disse que não havia almoços grátis

 Os hipermerceeiros devem cuidar que sou um mono. Não lhes basta eu empurrar um carrinho na loja, para trás e para diante, enchendo-o com as mercearias que eles vendem. Acham também que eu devo ir mostrando aos outros fregueses a publicidade que eles penduram nos tais carrinhos. Aguardo a hora em que me venham exigir que sorria. Entretanto vou virando os reclamos do avesso, pondo-lhes a face branca para fora, mas um destes dias esqueço-me e lá terei que lhes mandar a conta dos serviços prestados.


Supermercado Pão de Açucar nos Olivais, Lisboa, 1977.
Vasques, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

Escrito com Bic Laranja às 17:45
Verbete | comentar | comentários (23)

Neve em Lisboa, 1945

Campo Grande depois de ujm nevão, Lisboa (F. da Cunha, 1945)
Campo Grande depois de um nevão, Lisboa, Janeiro de 1945.
Ferreira da Cunha, in Manuela Rego, Um passeio à volta do Campo Grande, Contexto, [Lisboa], [1996].

Escrito com Bic Laranja às 11:50
Verbete | comentar | comentários (2)
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

De arrepiar...

O noticiário das 9h00 da manhã na Emissora Nacional abriu com a notícia extraordinária que nevava em Bragança. Longos minutos houve com a notícia que nevava havia uma hora; o repórter na cidade informava que a neve dificultava o trânsito; havia gente na rua (o tom era de espanto: como era possível haver gente na rua enquanto nevava... em Bragança); tão extraordinária hora de queda de neve produzira já um palmo de altura da dita... Que riqueza para encher o currículo do repórter.
 Depois desliguei a telefonia, mas aposto que a notícia seguinte era a do cão que mordeu um homem.

 
Castelo, Bragança, 2006.
Léon Quintanilha, in Olhares.

Escrito com Bic Laranja às 23:30
Verbete | comentar | comentários (14)
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

Contas feitas...



  Alguém esta manhã deixou-me o jornal na secretária. Ao folheá-lo encalhei nesta notícia que já ouvira ontem. Ora então o dr. Pedro Lopes chumbou nas contas?!... É por isso que se matriculou para repetir?!... Não se poderá passá-
-lo administrativamente... à reforma? Contas feitas, podia ser que desse menos prejuízo.

Escrito com Bic Laranja às 18:53
Verbete | comentar | comentários (10)
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Ave rara

 Um destes dias houve uma espécie de notícia que ouvi sobre turismo de observar pássaros na ilha do Corvo. Digo espécie de notícia porque é daquelas reportagens com uma pitada a mais de publicidade para se poder mastigar como notícia. Mas bem; às tantas o jornalista dizia - "a actividade de observar pássaros, mais conhecida por bird watching..." - e eu pensei que sim senhor, estava bem dito. Hoje em dia, trautear Inglês técnico demonstra um certo nível. E de resto quem espera que um jornalista domine vocábulário tão extravagante como ornitologia.

 

O Popas veio das Coisas do Antigamente.

Escrito com Bic Laranja às 06:55
Verbete | comentar | comentários (18)
Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Em dia de Reis

Igreja do Campo Grande, Lisboa (J.A.L.Bárcia, s.d.)

 Ora cá a tendes - lembrava-me eu de havê-la visto, pois -, a igreja dos Santos Reis no tempo em que teve um adro com muro, portão e o cruzeiro defronte. Cuido que seja do sr. José Artur Leitão Bárcia. Não sei dizer a data - c. 1900, talvez. O âmbito cronológico é 1871-1945. Tem a cota A7345 do Arquivo Fotográfico da C.M.L. e por uma qualquer razão deixou de estar disponível.
 Mas já esteve.

Escrito com Bic Laranja às 21:20
Verbete | comentar | comentários (2)

Igreja dos Santos Reis

 Sei que há uma fotografia dela quando o adro ainda tinha uma cerca, ma' não na encontro agora...


Igreja do Campo Grande, Lisboa, 1941.
Eduardo Portugal, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

Escrito com Bic Laranja às 18:17
Verbete | comentar | comentários (4)
Domingo, 4 de Janeiro de 2009

Fonética

 De há um tempo para cá ouço amiúde na telefonia e na televisão pronunciar os tt e os dd como se fossem ts e ds. Quando estive no Quebeque apercebi-me que os franco-canadianos entoavam os tt e os dd dessa forma, diferente dos franceses, mas semelhante ao palrar anglo-saxónico. Parece-me que a anglo-saxofonia arribou por cá: toda a geração de actores morangos com açucar (mais a Catarina Furtado) tem a dicção afectada. Na telefonia os novos locutores afinam pelo mesmo diapasão. É facil perceber onde isto irá dar. Há pedaço uma menina do folhetim Equador dizia num diálogo que tinha uma prima no Pôrtso. Pior só o grande actor Paulo Pires dizendo puribido. Isso é que é falar!...
 Ou pode bem ser que sejam só as bobines que ainda estão frias...

 


O Costa do Castelo
Arthur Duarte, 1943.

Escrito com Bic Laranja às 23:28
Verbete | comentar | comentários (2)
Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2009

Está de chuva

Festa da Bandeira, Rotunda (J.Benoliel, 1910)
Rotunda, Lisboa, 1910.
Joshua Benoliel [?], in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

 O locutor de serviço do Rádio Clube deu de manhã a meteorologia para os próximos dias: - vai estar de chuva. - Não disse nesta linguagem simplória, usou um vocabulário mais formal que é como pertence dizer o tempo na telefonia. Depois de dizer o tempo disse duas vezes:  - "Hoje não há avisos meteorológicos para o país.... Hoje, apesar da chuva, não há avisos meteorológicos."
 Talvez estivesse referindo-se aos corriqueiros alertas da Protecção Civil, não sei...
 O Rádio Clube, como diz na divisa, tem lá um locutor que, bem vejo, dá voz às palavras.

Escrito com Bic Laranja às 14:21
Verbete | comentar | comentários (11)
Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Fim de festa

Os convidados já se despediram. 2008 também.
Bem-vindos a 2009!


Roxy Music - Avalon
(1981)

Escrito com Bic Laranja às 02:50
Verbete | comentar | comentários (10)

Junho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____