10 comentários:
De António Santos a 18 de Abril de 2008
Caro Bic ,
Há uma boa dose de xenofobia no seu post .
De qualquer modo, se eu pudesse escolher entre o acordo e a pronúncia lejboeta ’, que me é diariamente impingida pelos papagaios das rádios e televisões centralistas como sendo oficial, eu escolheria o primeiro, com a condição de eliminar a segunda. Como tal não é possível, lá terei que continuar a ouvir asneiras como sportem ’, nacher e crecher ’, eichelência ’, melitar ’ e até precesse ’ entre tantas outras calinadas. Lamentavelmente estão a pôr todo o país a falar assim. Até o meu filho, um pimpolho transmontano com 9 anos, diz uchedês » quando se refere a discos compactos. Dessa sarna, das lantejoulas e holofotes lejboetas ’, é que eu gostaria de me livrar. Quanto ao resto... venha lá o acordo!
De Bic Laranja a 18 de Abril de 2008
Por causa da dita xenofobia não sei o que é 'post'. Cumpts.
De Inspector Jaap a 29 de Outubro de 2012
Pois não, seu Santos!
Que venha ele, e já: assim, o (de) pimpolho transmontano que diz que tem – vossemecê é de onde? – não tarda, pede-lhe um ordinador », mas com mausi », desde que não tenha uma grande «consumação» elétrica »… Que Deus lhe valha! Enquanto isso não acontece, eu vou tentar ajudá-lo: post está mal escrito: é postchi que se diz; ouça o (de) pimpolho que ele explica-lhe.
Quanto às TVs, acho graça que não goste das ditas, pois chafurdam na mesma imundície intelectual que tanto lhe apraz, a avaliar pelo inefável prazer que patenteia no seu último período (sem ofensa, claro!) à espera do dito aborto; o giro é a escrita aberrante que as enxameia não parecer incomodá-lo, mas, cada um é para o que nasce! Experimente ver o Porto Canal, que, se conseguir ler as legendas, vai gostar da dicção dos locutores!
Cumpts
De Bic Laranja a 7 de Novembro de 2012
:)
Cumpts.

Comentar