3 comentários:
De O Réprobo a 1 de Maio de 2008
E duvida de ter fichinha no SIS?
abraço, Cari Bic
De Atentti al Gatti a 1 de Maio de 2008
A devassa da vida privada de cada um, fará sempre parte do código genético cá do burgo. Mudar de morada não adianta. Só mudar o, ou, de país. Vacinei-me da seguinte maneira: Dou o meu nome de formas diferentes, por extenso ou alternando as iniciais. Assim sei sempre qual a fonte do lixo postal e, se for caso disso, actuar judicialmente contra o "bufo" que forneceu os meus dados. Quanto ao lixo telefónico, quando me perguntam se sou fulano, digo que sim e peço delicadamente para aguardar um minuto, tapo o bocal com o que estiver à mão e só volto muito tempo depois, quando o operador já tiver desistido, ou digo que não, que sou o mordomo, o homem-a-dias , ou o esposo dele. Normalmente, o operador fica atrapalhado, pede desculpa e desliga e assim evito mais conversa. Por esclarecer fica a proveniência dos dados. Mas isso é para quem tem vontade, tempo e (muito) dinheiro, porque a justiça é aquilo que a gente sabe...
A.v.o .

De Bic Laranja a 1 de Maio de 2008
Réprobo: Não me admiraria. Já me acusaram poor aqui de xenofobia. E a missão do S.I.S. inclui combater isso, não...? // Atentti al Gatti: Essa sugestão de pedir para espera 1 minuto soa-me muito bem. Obrigado! // Cumpts.

Comentar