12 comentários:
De MCV a 22 de Outubro de 2008
Terá talvez sido um carpinteiro de toscos, digo de tosco.
Abraço
De Bic Laranja a 22 de Outubro de 2008
Foi. Assentou um barrote.
Cumpts.
De António Viriato a 23 de Outubro de 2008

Caro Amigo,

O texto transmite, de facto, certa ironia sábia, como pediria a desconchavada intromissão do locutor, presumivelmente um hodierno jornalista, com Licenciatura passada, por certo, quiçá, por Universidade Independente.

Quanto à nomeação, parabéns e também um agradecimento, pelo acto de me haver incluído nos seus destinatários de novas nomeações.

Um abraço.
De Bic Laranja a 24 de Outubro de 2008
Este jornalista ouvi-o eu em diálogo com os seus ouvintes sobre o acordo ortográfico, aviltar os que exprimiam opinião negativa. Arrogava-se esse desplante e demonstrava a sua autoridade exibindo toda a sua ignorância sobre a matéria.
Creio que não deu pela figura que fez.
Cumpts.
De talefe a 23 de Outubro de 2008
Graças a Deus que não acompanhei tão "incontornável" entrevista.É que já me falta paciência.Mas bem haja por nos dar notícia desta pérola.
De Bic Laranja a 24 de Outubro de 2008
É só mais um caso da desgraça que anda por aí. Olhe, é como aquele político!...
Cumpts.
De Margarida Pereira a 23 de Outubro de 2008
Absolutamente fabuloso.
Traduz com exactidão a falta de respeito que grassa. Porque é disso que se trata.
Aliada à imensa e injustificada vaidade.
Salvo honrosas excepções, os 'jornalistas' sabem tudo, dominam e debitam sobre o que e quem quer que seja.
Escrevem, também.
Já não se aprende (além de outros imensos e relevantíssimos princípios educacionais e éticos) que a arte da entrevista reside precisamente em, após apresentar a personalidade e lhe dar o mote, a deixar discorrer.
Sendo boa, não se sentirá a falta de mais nada.
Nem de perguntas.
De Bic Laranja a 24 de Outubro de 2008
Os entrevistados servem só de enfeite. A personalidade hoje em dia é o próprio jornalista.
Cumpts.
De Once a 23 de Outubro de 2008
onde está a noção do "não se interrompe quem fala" que eu aprendi como "não se interrompem os mais velhos"? ..

Tem razão Margarida (com a sua licença Caro Bic) .. é sem dúvida a falta de respeito a pautar tudo e todos .. (haja excepções!)
Cumprimentos :)
De Bic Laranja a 24 de Outubro de 2008
Falta de respeito própria de gente mimada.
Ai de quem diga mal dum jornalista...
Cumpts.
De Paulo Cunha Porto a 24 de Outubro de 2008
Quer-me parecer, Amigo Bic, que se trata de uma entrevista a precisar de ser aplainada...
Abraço
De Bic Laranja a 24 de Outubro de 2008
Gastava-se a lâmina à plaina.
Cumpts.

Comentar