19 comentários:
De Bic Laranja a 2 de Dezembro de 2007
Coisas de nada, Dª Papoila. Mas obrigado! Cumpts.
De papoila a 1 de Dezembro de 2007
adoro encontrar por aqui histórias passadas desta Lisboa...

Beijos
BF
De Bic Laranja a 27 de Novembro de 2007
Ah! Os gansos. Tinha-me esquecido dos ferozes gansos, sim senhor. Cuidava que o sr. Emídio fosse na 2ª ou na 3ª casa da Azinhaga das Olaias. Afinal era logo ali no portão. Obrigado por precisar melhor. Cumpts.
De Fernando C. a 27 de Novembro de 2007
Na Quinta das Olaias eu comprava favas e ervilhas perfumadas com um raminho de coentros.O dono era "um senhor",até tinha uma "arrastadeira" CITROEN...
O Sr.Emídio era o fornecedor de couves e nabos e era bem mais modesto...
Eu era um menino que "vendia juventude";neste momento era capaz de "vender nostalgia"...
A fotografia de 1967 mostra claramente "o portão do Sr. Emídio",após o qual eu tinha de enfrentar,cheio de medo,os furiosos gansos que lhe defendiam a propriedade.
Grato pela evocação!



De pedro a 26 de Novembro de 2007
Não conheci a realidade que tão bem descreve. Mas sempre me intrigou a placa que, ali perto do cimo da Alameda, indicava a Azinhaga da Fonte do Louro.
Descia por trás daquela construção nova na Afonso Costa em Direcção ao comboio, certo?
De Bic Laranja a 14 de Março de 2008
Sim. Cumpts.
De Bic Laranja a 25 de Novembro de 2007
Podia imaginar que as contaria em família ou aos amigos. E aqui é um pouco isso, embora de modo totalmente exposto. Obrigado Manuel! // Obrigado Réprobo. Não acabou. Os grafitos provam-no. Ainda hão-de chegar às paredes dos túneis. // Cumpts.
De O Réprobo a 25 de Novembro de 2007
Bela rememoração! O Metro pode ter acabado com a compartimentação trritorial dos bandos, mas quem tiraria fotografias às paredes de um túnel? Abraço
De Manuel a 25 de Novembro de 2007
Ninguém. Ninguém diria nesse tempo que contaria essas proezas desta forma.
Ainda bem que o faz.
Abraço
De attenti al gatti a 14 de Março de 2008
Não conheci o sr.Emídio nem os gansos, conheci mal a Azinhaga das Olaias mas, em contrapartida , conheci a Azinhaga da Fonte do Louro, por onde me desloquei muitas vezes de garrafões na mão, para ir à água que a minha mãe tanto apreciava. Conheci a inauguração das casas novas da G.N.R. com muita fardeta devidamente medalhada e alguns mirones enbasbacados e conheci ainda, um pitrolino " que guardava, algures por aquí a carroça do ofício (será que ainda existe alguma devidamente preservada?) e o respectivo cavalo, um baio de razoável estampa. Lembro-me que um dia, o cavalo ao tentar vencer o desnível entre a Azinhaga e a Veríssimo Sarmento (vulgo Rua Nova) atrelado à pesada carroça (uma autêntica cisterna cheia de artefactos) patinou, perdeu o equilíbrio e foi ao chão. Ocorreram os circunstantes e tentaram levantar o bicho, mas nada. Houve quem alvitrasse que a pileca devia estar em fraqueza e o melhor era mandar vir meia litrosa de tinto da tasca do Rodrigues e fazer-lhe umas sopas de cavalo-cansado . Provávelmente a ideia era o alvitrante provar as sopas antes da vítima, não sei. Para desgosto do cavalo, que deve ter achado que um mal nunca vem só, optou-se por o desatrelar e assim se conseguiu levantá-lo. A minha visão infantil, mais atenta ao pormenor do que ao conjunto (ainda hoje é assim) registou, em particular, a aflição do equídeo, preso aos varais, a tentar erguer-se (foi antes de se falar nas sopas) e os arranhões sangrentos com que ficou na ilharga esquerda. Os meus agradecimentos por mais uma viagem ao passado.
De Bic Laranja a 14 de Março de 2008
Obrigado eu por mais este riquíssimo comentário. Cumpts.
De Roberto Peresio -Italia - a 6 de Janeiro de 2009
Uma pregunta: Azinhaga da Fonte do Louro
E' a mesma de que falas no post dA Perna de Pau?

Ciao
peresio@hotmail.com
De Bic Laranja a 6 de Janeiro de 2009
Sim. Partia do Alto do Pina (ainda parte), descia ao caminho-de-ferro (sentido Norte); inflectia para oeste; serpenteava para sul e novamente para oeste e desembocava na esquina do Perna de Pau. Só resta o troço inicial. Aqui: http://maps.live.com/default.aspx?v=2&FORM=LMLTCC&cp=38.743395~-9.112435&style=h&lvl=16&tilt=-40.5990709346254&dir=0.361927453361633&alt=1993.85928659141&cam=38.720019~-9.128058&scene=24980787&phx=-0.0665906935038598&phy=0.697114977909684&phscl=4.57088189614875&encType=1 .
Cumpts.

Comentar