6 comentários:
De Fernando de Oliveira a 29 de Abril de 2009
Tenho de memória que houve troca de estátuas para poder apressar a inauguração, mas não sei se isto é verdade.
Vou tentar recordar onde houvi ou li esta informação.
Como já tem muitos anos talvez haja confusão da minha parte.
Fernando
De Bic Laranja a 29 de Abril de 2009
Dizem que a estátua é dum imperador Maximiliano, que foi do México, desviada dos porões dum navio fundeado no Tejo.
Cumpts.
De Luís Bonifácio a 29 de Abril de 2009
Isso é apenas um mito urbano com origem na propaganda demagógica do Partido Republicano.
A encomenda e a factura da fundição encarregam-se de o desmentir.

O que é triste é que, ainda hoje, alegados Doutorados" em História continuarem a promover o mito urbano como verdad cientifica insofismável.
De Bic Laranja a 29 de Abril de 2009
Que doutores são esses? Quer dizer?
Cumpts.
De Luís Bonifácio a 29 de Abril de 2009
São Rosas, Senhor!
São Rosas, senhor!
De Bic Laranja a 29 de Abril de 2009
Ah! Ah! Ah! Cumpts.

Comentar