11 comentários:
De T a 23 de Fevereiro de 2009
E por ver o Vieira da Silva. Se precisar de comprar alguma coisa à venda na livraria da CML fale omigo antes,Senhor Bic:)
De Bic Laranja a 23 de Fevereiro de 2009
Obrigado! Por acaso falta-me o vol. I dos "Dispersos", mas não no encontrei lá. Cuido que seja raridade. Cumpts.
De Luciana a 24 de Fevereiro de 2009
Para os “visionários” da década de 90, faria aqui mesmo falta uma passadeira superior e rolante!...
Por certo sairia muito em conta. E seria sempre de enorme utilidade! Pelo menos para os ratos. :-0

Abraço
De Bic Laranja a 25 de Fevereiro de 2009
Estética à parte tinha utilidade.
Foi desactivada, não foi?
Cumpts.
De Attenti al Gatti a 24 de Fevereiro de 2009
Os "Dispersos" vol.I são mesmo uma raridade. Ainda não percebí porque não foram reeditados. Os outros volumes só não são raridade também
porque,provavelmente, venderam-se menos e sobraram alguns exemplares.
De Bic Laranja a 25 de Fevereiro de 2009
O vol. I pode ler-se no G.E.O., na Rede. Cumpts.
De Attenti al Gatti a 27 de Fevereiro de 2009
Grato por mais esta indicação.
A.v.o.
De Attenti al Gatti a 24 de Fevereiro de 2009
Nesta ponte de Alcântara (segundo doutos linguistas, o topónimo significava "a ponte" em árabe)existiu uma estátua de S. João Nepumoceno que, actualmente, se encontra no museu do Convento do Carmo.
A.v.o.
De Bic Laranja a 25 de Fevereiro de 2009
Alcântara significa ponte, sim. A estátua é obra dum escultor italiano, António de Pádua; é obra do séc. XVIII e tem dimensões consideráveis. Com plinto media 6m de altura. Foi apeada em 1889 para se fazer o caminho de ferro.
Cumpts.
De T a 27 de Fevereiro de 2009
Tb só tenho o 2 e o 3. Acho eu!
De Bic Laranja a 28 de Fevereiro de 2009
Eram os que lá havia, pois...
Cumpts.

Comentar