8 comentários:
De Margarida a 30 de Junho de 2009
Por aqui reanimaram algumas linhas.
Poucas, mas servem para matar saudades de tempos mais serenos.
E poéticos.
Amo aquele ruidozinho deles "nha-nha-nha-nha-nha-nha..."; o cheiro antigo, a absolutamente perfeita máquina do tempo em qua se metamorfoseiam, 'devolvendo-me' mais de trinta anos de vida, num ápice!
Meus electricozinhos maravilhosos...
De Bic Laranja a 1 de Julho de 2009
Em Lisboa deviam reanimar mais linhas também. Nem que para isso as pintassem de verde para serem mais sustentáveis. Cumpts.
De André Santos a 3 de Julho de 2009
Suspenso há uma meia duzia de anos... e depois encerrado definitivamente... seria a 17?

Cumprimentos!
De Bic Laranja a 24 de Julho de 2009
Refere-se à que falo? Sim. Cumpts.
De Paulo a 5 de Julho de 2009
Os penduras.
De Bic Laranja a 24 de Julho de 2009
De Pedro Cação a 30 de Maio de 2015
O eléctrico n.260 está presente no museu da Carris e conserva todos os detalhes da construção original,incluindo a caixa numérica localizada sobre o farol central,tal como o eléctrico da imagem que não sei se é esse que me refiro ou é outro idêntico.
De Bic Laranja a 2 de Junho de 2015
O 260 do museu...
Cumpts. :)

Comentar