12 comentários:
De MLisboa a 24 de Agosto de 2009 às 18:52
Lamentável o deixa andar, mas entendível...
Alguém viu por aí a Vergonha? Às vezes, até já dá vergonha ter vergonha...
De Bic Laranja a 24 de Agosto de 2009 às 23:56
Claro que se entende. Se o próprio facto explica tudo...
Cumpts.
De MCV a 24 de Agosto de 2009 às 21:01
Não posso estar mais de acordo.
O desleixo justifica o desrespeito.
Este caducado há anos.
Os incontáveis sinais de direcção ou de sentido proibidos colocados apenas porque não havia à mão um de obras.
Se não são para respeitar, qual é a regra que dita os que são e os que não são dignos de obediência?
E daí, tudo o resto.
Quanto às manifestações que nos dão notícia de que convivemos com criaturas de Neanderthal, nem digo nada.
Abraço
De Bic Laranja a 25 de Agosto de 2009 às 00:04
E em cima disto o império da lei fiscal à rapina por cobrar € 0,48 a um contribuinte. Bem se vê onde funciona o Estado de Direito. E aposto que até no paleolítico a noção de custo/proveito era mais sensata.
Cumpts.
De Agostinho Paiva Sobreira a 24 de Agosto de 2009 às 22:42
Aquele sinal é para o Hospital pensar que ainda existe e para os tolos não buzinarem.

É simplesmente incrível a incúria de quem manda nesta terra, do faz de conta...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Aquele sinal é para o Hospital pensar que ainda existe e para os tolos não buzinarem. <BR><BR>É simplesmente incrível a incúria de quem manda nesta terra, do faz de conta... <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Cumpts</A>
De Bic Laranja a 25 de Agosto de 2009 às 00:07
Tem razão: o hospital ainda pensa que existe, recusa-se a ruir e os responsáveis arreceiam-se de o contraiar.
Esta civilização faz muito mal.
Cumpts.
De Attenti al Gatti a 26 de Agosto de 2009 às 01:19
Quem sabe se o sinal não foi patrocionado pelo promotor imobiliário, de modo a garantir um silênciozinho privativo aos moradores do condomínio que irá ser construído no local, segundo ameaça o cartaz mais acima?
A.v.o.
De Bic Laranja a 26 de Agosto de 2009 às 19:18
O promotor imobiliário quer pouco barulho, sim, mas sobre o projecto de demolir o edifício por inteiro e ferrar lá com um mamarracho com dez andares na frente da Praça do Chile, onde as cérceas não passam dos cinco andares. Uma lástima. Cumpts .
De Luciana a 28 de Agosto de 2009 às 14:43
E isso que tem?! Pois não tem Lisboa sete colinas naturais mais as sete - ou mais - centenas de belas colinas em cimento?!...

É tudo uma questão de coerência arquitectónico-interesseira! :-X

Abraço
De Bic Laranja a 29 de Agosto de 2009 às 01:13
Ah! A coerência do cimento... Colinas potencialmente esfuracáveis, nesse caso. Cumpts.
De Amo Lisboa a 28 de Agosto de 2009 às 15:24
Acima de tubo um bom urbanismo, quem será que valerá pena ter a gerir toda esta barafunda?
Abraços
De Bic Laranja a 29 de Agosto de 2009 às 01:09
Nem o Estado Novo que - dizem - era bruto, teve mão nesta corja...
Cumpts.

Comentar