24 comentários:
De Luciana a 26 de Setembro de 2009
Esta foto - tal como o comentário - é todo um programa. As roupas, os carros, a celebração... :-)
Maravilhosa viagem no tempo!

Abraço
De Bic Laranja a 27 de Setembro de 2009
:) Cumpts.
De Attenti al Gatti a 28 de Setembro de 2009
Caramba!! A Queijoca mãe! Aliás, D. Eugénia, que Deus tenha (se na Sua infinita misericórdia lhe tiver perdoado aquelas coisas que ela chamava aos árbitros). Já não me admira que qualquer dia apareça por aí o Vinte Sete, a Pona ou o Mané-Mané. Ou outros, que a galería é extensa. E já que se fala nas vitória do Vitória, também convém lembrar que nas derrotas não era nada bom de assoar. Quando tal acontecia, os adeptos vitorianos saíam de mansinho antes de terminar o desafio e vinham postar-se no terreno frente à Escola Primária, onde os apoiantes do adversário tinham os autocarros estacionados. E era o lindo e o bonito quando eles lá chegavam. Numa das vezes, até o "Grila" (devía ser corruptela de "Gorila") andou a distribuir porrada com um cabide de pé alto. Havía ocasiões épicas em que nem os G.N.R. a cavalo davam conta do recado, originando a comparência do "Piquete" da P.S.P.,que se transportava nuns curiosos autocarros, assim a modos como os autocarros escolares dos filmes americanos, mas abertos dos lados e com bancos de madeira parecidos com os dos jardins. De capacête (vulgo "penico") na cabeça e Mauser 904 nas mãos, impunham, finalmente, a ordem, que o respeitinho era uma coisa muito bonita. O reabrir das portas do Zé da Esquina, indicava o fim do festival de tapona.
Grato, mais uma vez, pela sua amável referência.
A.v.o.
De Bic Laranja a 28 de Setembro de 2009
Não me ocorreu que fosse Queijoca, pois sempre o percebi Cajoca. Parece-me mais certo, de feito.
Lamento mas das restantes personagens não conheço referência fotográfica. Mas pode haver quem nas tenha...
Obrigado eu por mais esta história.
Cumpts.
De [s.n.] a 28 de Setembro de 2009
Bem... do que o Sr. Bic se foi lembrar!!
A Cajoca... a senhora que respondia ao cumprimento da equipa do Vitória que alinhada no campo antes do início dos jogos lhe direcionava, com um daqueles impropérios pouco próprios para uma senhora...hehehe
Só falta aqui a fotografia do roupeiro, conhecido por "olho peixe espada" ou o "olho"
Fantástico!!

De Bic Laranja a 28 de Setembro de 2009
Ou Olhinho... de goraz.
Cumpts.
De Attenti al Gatti a 29 de Setembro de 2009
É uma obra de tomo, mas começa a tornar-se um imperativo histórico a divulgação dos apontamentos biográficos dos notáveis da Picheleira.
A.v.o.
De Bic Laranja a 29 de Setembro de 2009
Obra de tomo, certamente. Cumpts.
De Pedro Gonçalves a 29 de Setembro de 2009
Bom, vamos por partes. O "Olho" não era roupeiro era ajudante, hoje seria Auxiliar de Acção Educativa visto o VCL ser um clube de formação à época.
Quanto ao VCL, trata-se apenas do maior clube de Lisboa, tal como diz o meu pai, do Martim Moniz para cima porque daí para baixo é que há depois a sede do Sporting e do Benfica.
Ainda na noite das últimas eleições o ouvimos chamar,
"vitória, vitória, vitória..."
Abraço
De [s.n.] a 29 de Setembro de 2009
... não descurando o mítico C.O.L.
De Bic Laranja a 29 de Setembro de 2009
Refere-se ao ?
Cumpts.
De [s.n.] a 30 de Setembro de 2009
...apenas hierarquizava entre o Vitória Clube de Lisboa e o Oriental Clube de Lisboa.
Cumpts
De Bic Laranja a 30 de Setembro de 2009
Que cabeça a minha. Não faça caso. Cumpts.
De Bic Laranja a 29 de Setembro de 2009
Muito bem posto. Cumpts.
De [s.n.] a 30 de Setembro de 2009
... de facto tinha mais perfil de ajudante!
De Bic Laranja a 30 de Setembro de 2009
Não é lá grande perfil, mas enfim... Cumpts.
De [s.n.] a 1 de Outubro de 2009
hehehe... de facto não!
De [s.n.] a 29 de Setembro de 2009
Dos campos daquela zona da cidade (Clube Operário de Lisboa, Vitória, Campo dos TLP ou campo dos telefones, campo de ragby do IST e o campo do Oriental, identifica-se um outro campo pelado a cerca de 450m para sul deste ultimo. Poderá Sr. Bic identificar-me qual é ou seria o clube?
obrigado
cumprimentos,
De Bic Laranja a 29 de Setembro de 2009
Talvez seja o F.C. do Rossão, da Quinta das Fontes, à Azinhaga dos Alfinetes. Referência aqui.
Cumpts.
De [s.n.] a 30 de Setembro de 2009
Desconhecia a existência daquele campo.
Obrigado Sr. bic

De Attenti al Gatti a 3 de Outubro de 2009
Creio que o Futebol Clube do Rossão (ou Roussão) numca teve campo, pelo menos que se visse. Teve séde em edifício próprio, na rua Dinah Silveira de Queiróz, mas entre a constução e demolição do mesmo, deve ter mediado um par de anos. É vulgar este tipo de agremiações, que não serve para muito mais do que justificar uma tasca como sede e cuja produção desportiva, muitas vezes, se resume ao desacato.
O campo de futebol em causa deverá ser o recinto desportivo do Clube Ferroviário de Portugal. Fica na Azinhaga dos Alfinetes, encostado ao apeadeiro de Marvila, próximo do "Campo do Oriental", de seu nome próprio, Estádio Engº Carlos Salema. Tem um relvado com bom aspecto e é frequentemente usado.
A remissão para o "Meteorologista" foi muito proveitosa. Infelizmente o optimismo em relação ao futuro que aí se expressa, gorou-se por completo. Os tais "blocos verdes e amarelos" continuam a ser uma fonte de problemas, fora o resto.
A.v.o.
De Bic Laranja a 3 de Outubro de 2009
Grato pelo pertinente esclarecimento. Já me tinha suscitado a dúvida o Ferroviário, mas andava à cata de o confirmar. Fico assim com o trabalho feito. Cumpts.
De Jorge Gilot a 30 de Novembro de 2009
Caro amigo obrigado desde já por me avivar a memória,
fui praticamente criado na Picheleira e ainda hoje aqui
vivo, e por sinal á dois dias vi a filha da Queijoca a
comer um belo de um cozido na Frei Fortunato defronte da Garagem do Horácio, é ela que está de óculos na foto.
Um abraço.
De Bic Laranja a 30 de Novembro de 2009
Grato pela informação e pelo melhor esclarecimento sobre a fotografia. Cumpts.

Comentar