8 comentários:
De Attenti al Gatti a 27 de Outubro de 2009
Que saudades da velha Trafa, das travessias do Tejo a remos só para petiscar uns peixinhos da horta numa falecida tasca fronteira ao rio, das tardes na Praia do Albatroz ou em S. João, seguidas de jantar no restaurante que substituíu a dita tasca, com vista para Lisboa ao pôr-do-Sol, com comida decente, a preços comedidos e pessoal simpático.
A.v.o.
De Bic Laranja a 28 de Outubro de 2009
Um praia de banhos ainda possível pelos meus 3, 4 anos. Cumpts.
De APS a 27 de Outubro de 2009
"Velha" Trafaria. Meu pai tinha um estabelecimento na COVA DO VAPOR e bem cedo começou as minhas caminhadas (1942-1966). Quando desapareceu a ponte da Cova do Vapor, só nos restava o barco da Trafaria. Era um grande areal a CV. Nas marés grandes, no baixa-mar , quase se podia chegar a pé ao Bugio. O mar levou a areia, nós tivemos de mudar a casa 3 vezes. Nunca mais a visitei...
De Bic Laranja a 28 de Outubro de 2009
O mar continua a suga as areias por aqueles lados. Uma fatalidade. Cumpts.
De Attenti al Gatti a 29 de Outubro de 2009
Essa ponte ligava que pontos? Tenho uma vága ideia de ver algo semelhante, em fotos antigas da casa que Bibi Ferreira, repórter fotográfica do extinto Século, tinha precisamente na Cova do Vapor e que, segundo ela, de vez enquanto era necessário deslocar devido às marés.
De Bic Laranja a 2 de Novembro de 2009
Não lhe sei dizer... Cumpts.
De Luciana a 1 de Novembro de 2009
Que saudades! As vezes que eu ia com o meu pai à Trafaria…

Ele recorda-se bem de ir a pé até ao Bugio, numa língua de areia que era raro aparecer…
Não sei se é mito ou não, mas ele contou-me vezes sem fim – revoltado – que foi para “salvar” as praias da linha que alteraram por completo o areal da zona da Costa. Deram um desbaste tão grande, que por ali já nada recuperou…

Isso conta ele. Para mim é o mar que regressa onde já foi rei e senhor. As escarpas da Costa – cheias de fósseis – contam muito bem a história!

Abraço
De Bic Laranja a 2 de Novembro de 2009
Há uma mania dos humanos que são eles a causa de todas as coisas. Cumpts.

Comentar