Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Da virtual realidade

... dirigindo a reconstrução de Lisboa depois do terramoto


 Anteontem, num desses incontáveis programas onde se badala à tripa-forra sobre a bola, o penalty e o árbitro, destacavam em rodapé: Drama no Leixões: jogador haitiano Jean Sony sem notícias da família. É um drama, sim, para o jogador, para a família e, por extensão, para os desafortunados haitianos. Mas traduzir uma desgraça assim num título Drama no Leixões exprime uma noção muito particular da realidade que não ultrapassa um horizonte de recreio de colégio.
 Ia dizer que isto é mera coisa de jornalistas de jardim-escola, não fora este ilusório entendimento da realidade ser tão generalizado que o vejo irreflectidamente alardeado da baixa à alta vilanagem. Qualquer folhear dum jornal de ontem dá inúmeros exemplos sonantes, desde tegevês para surfistas, pandemias de vacinas, auto-estradas para lugares ermos, sardinha com certificação sustentável ou até as funções públicas de alto relevo do incubado dr. Pedro Lopes.
 Ainda assim estes exemplos, para lá do malbaratar absurdo de recursos por gente tão pouco escrupulosa quanto inteligente, podem aparentemente ser inócuos, mas atenção: a estupidez pode tornar-se criminosa. Pois agora imagino haver cá um terramoto a valer e ser esta gente de entendimento tolhido que há-de vir a organizar o socorro.

(Imagem do blogo do Tinoni.)

Escrito com Bic Laranja às 10:44
Verbete | comentar
8 comentários:
De Luísa a 16 de Janeiro de 2010
Às vezes pergunto-me se não serei demasiado exigente na crítica ao que leio, ao que vejo, ao que oiço, seja de um jornalista, de um político ou de um "comum mortal". Mas já estou a ver que não, não sou assim tão exigente. Se o fosse não iria encontrar um post como este.
Sinto-me feliz e triste. Feliz porque encontro alguém que tem mais ou menos a mesma visão que eu das coisas, logo é uma espécie de prova que não sou completamente paranóica. E triste porque acabo por ter razão nas críticas que faço quando me dedico 5 minutos a qualquer coisa vinda dos "media", o que não é lá muito bom sinal para os ditos.
De Bic Laranja a 17 de Janeiro de 2010
Admito que 1/3 das coisas ditas importantes são pura parvoíce; outro terço é penacho. Veja o que sobra. Os 'media' meramente reflectem os 2/3 de fantasia que nos rodeiam. Fazem escola, perpetuam a ilusão e não saímos disto.
A exigência de que fala é desepero.
Cumpts.
De T a 18 de Janeiro de 2010
E O Tinoni agradece a sua referência, meu caro Bic:)
Só me falta dizer ão, ão:)
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Obrigado sou eu! Cumpts. :)
De Attenti al Gatti a 18 de Janeiro de 2010
Curiosamente, sobre a "epidemía das vacinas" já aquí se teceram comentários premonitórios do que agora se está a passar.
A.v.o.
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Estava bem à vista no que ia dar.
Cumpts.
De Luciana a 24 de Janeiro de 2010
Já não há mesmo paciência!... :-x
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Não há. E quando descamba em negligência criminosa é revoltante...
Cumpts.

Comentar

Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
17
19
21
23
24
25
26
27
28
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____