8 comentários:
De Luísa a 16 de Janeiro de 2010
Às vezes pergunto-me se não serei demasiado exigente na crítica ao que leio, ao que vejo, ao que oiço, seja de um jornalista, de um político ou de um "comum mortal". Mas já estou a ver que não, não sou assim tão exigente. Se o fosse não iria encontrar um post como este.
Sinto-me feliz e triste. Feliz porque encontro alguém que tem mais ou menos a mesma visão que eu das coisas, logo é uma espécie de prova que não sou completamente paranóica. E triste porque acabo por ter razão nas críticas que faço quando me dedico 5 minutos a qualquer coisa vinda dos "media", o que não é lá muito bom sinal para os ditos.
De Bic Laranja a 17 de Janeiro de 2010
Admito que 1/3 das coisas ditas importantes são pura parvoíce; outro terço é penacho. Veja o que sobra. Os 'media' meramente reflectem os 2/3 de fantasia que nos rodeiam. Fazem escola, perpetuam a ilusão e não saímos disto.
A exigência de que fala é desepero.
Cumpts.
De T a 18 de Janeiro de 2010
E O Tinoni agradece a sua referência, meu caro Bic:)
Só me falta dizer ão, ão:)
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Obrigado sou eu! Cumpts. :)
De Attenti al Gatti a 18 de Janeiro de 2010
Curiosamente, sobre a "epidemía das vacinas" já aquí se teceram comentários premonitórios do que agora se está a passar.
A.v.o.
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Estava bem à vista no que ia dar.
Cumpts.
De Luciana a 24 de Janeiro de 2010
Já não há mesmo paciência!... :-x
De Bic Laranja a 24 de Janeiro de 2010
Não há. E quando descamba em negligência criminosa é revoltante...
Cumpts.

Comentar