4 comentários:
De Agostinho de Paiva Sobreira a 19 de Janeiro de 2010
E não foi só a Quinta dos Olivais que se chamou de «BRAÇO DE PRATA». Existiu outra na freguesia do Campo Grande que, com toda a certeza, teria pertencido também ao GENERAL, como a sua homónima.
No entanto já em 1694 se apontava na freguesia dos Olivais como sítio do «BRAÇO DE PRATA»... e a quinta deixou de ser citada no segundo quartel do século XVIII.
De Bic Laranja a 19 de Janeiro de 2010
Também vi essa menção na 'Lisboa de Lés a Lés', mas não dá o local. Essa do Campo Grande mereceria estudo porque me parece que em tempos o concelho dos Olivais esteve sediado no Campo Grande. Pode ser a mesma daqui.
Mas certo é que houve uma em Samora Correia que veio a ser separada do morgado.
Cumpts.
De Attenti al Gatti a 20 de Janeiro de 2010
Nessa obra de Ralph Delgado mencionam-se quatro lugares onde esteve instalada a sede do município dos Olivais: R. do Salitre, Quinta do Fole (na Estrada da Charneca),casa do Marquês de Valença, ao Lumiar (mais própriamente na Estrada da Luz e o edifício ainda existe)e Largo do Leão, no edifício onde é o quartel dos Bombeiros Voluntários da Cuz de Malta. Não consta a localização dessa sede no Campo Grande. Entre as páginas 50 e 51, há uma foto da capela da Quinta de Braço de Prata/Matinha.
No Vale Formoso actual, um sítio pitoresco e ainda com bastante gente, torna-se muito difícil "encaixar" a gravura, especialmente por causa daquele monte tão alto. Talvez tenha havido exagero do desenhador.
A.v.o.
De Bic Laranja a 20 de Janeiro de 2010
Era precisamente à casa de Valença/Vimioso, mas no Campo Grande, que me referia (cf. http://www.geneall.net/P/tit_page.php?id=1601 ). Note a dúvida decorre disto por conjectura; confesso que apesar de o ter mencionado não dei a devida atenção ao assunto.
A gravura parece-me tomada mais ou menos dum ponto, hoje com o aterro, na Av. Infante D. Henrique (cf. o Google.). O monte entreve-se consolidado com um talude entre as construções que sobraram da Sacor na ligação às vistas de rua que acima deixei.
Cumpts.

Comentar