Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

...

 « Eu estava a quatro passos – confirma o pintor [Artur de] Melo. – Um homem subiu às traseiras do carro, olhou o rei cara a cara e deu-lhe um tiro de revólver. Vi um fumozinho branco sair-lhe do pescoço e, cem anos que eu viva, nunca mais me esquece a expressão de espanto daquela máscara. »

Raul Brandão, Memórias, Tomo I, Relógio d'Água, Lisboa, 1998, p. 148.
 

O regicídio, Terreiro do Paço, 1908
A. de Belatrame, Domenica del Corriere, 16/2/1908. (Ilustração Portuguesa, nº 113, 20 de Abril)

[O regicídio foi há 102 anos...]

Escrito com Bic Laranja às 07:00
Verbete | comentar
9 comentários:
De Carlos Portugal a 1 de Fevereiro de 2010
Só que o assassino não olhou o Rei cara-a-cara, não teve essa coragem, mas sim atingiu-o pelas costas, com um tiro de espingarda americana Winchester, e não com um revólver. O Príncipe D. Luís Filipe é que, depois de ter abatido um dos assassinos, foi morto com um tiro de revólver que lhe desfez parte da cara. E assim, Caro Bic, através um acto infame, deu-se início àquilo que viria a ser a república.

Qualquer coisa que comece com um acto bárbaro - ainda por cima tratava-se de um Rei honesto e competente, ao contrário dos canalhas (republicanos) que hoje nos desgovernam - nunca será coisa boa, como aliás a História nos tem vindo, infelizmente, a provar.

E dois anos depois, em 1910, houve aquela encenação vergonhosa na Praça do Município, com uma «aclamação» que contou apenas com meia-dúzia de carbonários, tão poucos que cortaram a foto oficial para que não se visse que a república só era desejada por um punhado de fanáticos e de oportunistas.

Assim, Caro Amigo, este dia é, para mim, e julgo que para o País, um dia de luto. Pelo Rei, pelo Príncipe, e pela Pátria. E comemorações republicanas que as façam os traidores que se têm vindo a banquetear com a carne e o suor da Pátria.

Como dizia um grande Amigo, já falecido, aquando de uma missa por alma de D. Carlos e de D. Luís Filipe: «O Rei não precisa de missas, pois está muito bem, junto ao Pai; quem precisa de missas, e muitas, são os assassinos, pois as suas almas não deverão estar nada bem, pelo crime que cometeram...»

Um grande abraço, e perdoe-me, meu Caro, este desabafo num dia para mim muito triste.
De Bic Laranja a 2 de Fevereiro de 2010
Julgo que tem razão. Consultei o «Dossier do Regicídio» (cap. 5, O Instante Fatal) que diz que el-rei foi atingido fatalmente no pescoço, por trás, pelo Buiça. Por engano põe um diagrama que lhe dá o ferimento no pescoço como tendo entrado pela frente.
O Costa, quando saltou para o estribo do landó, também alvejou D. Carlos, já sem vida. Cuido que o pavor que fez fugir o pintor Melo o ajudou a misturar tudo. Ou então foi o Raul Brandão ao transcrever.
Ouvi hoje que os do barrete frísio retiraram o Buiça e o Costa do foguetório do centenário - disse um comentarista encartado de manhã no Rádio Clube. Mas ele achava mal. O Buiça e o Costa merecem - segundo o comentarista - figurar na comemoração da República.
Eu também acho. Eles - e já agor o comentarista - ajudavam muito a compor o ramalhete.
Cumpts.
De Daniel a 2 de Fevereiro de 2010
como diz o povo, "pau que nasce torto, tarde ou nunca se endireita"...e , citando uma frase da obra Frei Luis de Sousa que memorizei na escola, " voz do Povo, voz de Deus, senhora minha mãe!".
De Bic Laranja a 4 de Fevereiro de 2010
Talvez haja de ser à paulada, que é maneira popular.
Cumpts.
De tron a 2 de Fevereiro de 2010
um crime infame
De Bic Laranja a 3 de Fevereiro de 2010
Odioso. Cumpts.
De tron a 4 de Fevereiro de 2010
e graças a ele estamos como estamos
De Afonso Henriques a 3 de Fevereiro de 2010
No dia 1 de Fevereiro de 2008 o regime republicano teve um oportunidade única de se reconciliar com História de Portugal na Assembleia da República.Circulava na net uma petição de milhares de cidadãos a pedir isso. Não o fez a pretexto de não querer re-escrever a História. Por recomendação da ASAE da História de Portugal, o Bloco de Esquerda.

Cumpts,
Afonso Henriques
De Bic Laranja a 3 de Fevereiro de 2010
A historiografia contemporânea e o bloco têm muito para recomendar.
Cumpts.

Comentar

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____