De Attenti al Gatti a 24 de Março de 2010
Na minha meninice, quando a esferográfica se começou a divulgar em Portugal, encontrou resistências como, de modo geral tudo o que era novidade. Não era permitida na escola nem podia ser usada para assinar documentos oficiais, por exemplo. Por causa de uma certa aversão à tinta permanente, logo que pude comecei a usar uma Bic Cristal. Mas não fiquei satisfeito. Traço grosso, irregular, de quando em quando pontuado por minúsculos borrôes. Depois apareceu a Bic Laranja e aí sim! Traço fino, uniforme. E com isso criou-se um hábito que ainda hoje perdura: só escrevo a prêto e com traço fino.
A.v.o.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.