Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

Ramal do Estádio

Ramal ferroviário do Estádio Nacional, Cruz Quebrada (H.Novais, c. 1950)
Ramal do Estádio Nacional sob a Estrada Marginal, Cruz Quebrada, [anos 40-50].
Fotografia: Estúdio de Horácio de Novais, in Biblioteca de Arte da F.C.G.

Escrito com Bic Laranja às 07:05
Verbete | comentar
19 comentários:
De João Baptista a 28 de Maio de 2010 às 13:38
Ainda me lembro que quando havia jogos no Estadio Nacional e a Festa do Avante, havia comboios especiais para lá
De Bic Laranja a 28 de Maio de 2010 às 16:30
Pois era.
Cumpts.
De MCV a 28 de Maio de 2010 às 19:52
Belíssima foto.
Isto agora parece-me que está cheio de lixo.
Da última vez que por ali andei com ganas de fotografar havia-o com fartura. E mato também.
Tenho encontrado raríssimas fotos da estação.
Acho que umas duas, que me lembre.
Abraço
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010 às 19:18
Pois! Um cenário para comboios fantasma.
Cumpts.
De tron a 28 de Maio de 2010 às 23:00
agora está tudo entulhado e destruído e ainda se queexam de efeito de estufa e engarrfamentos
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010 às 19:19
O efeito de estufa é só para vender o 'sustentável', não para compor o que está mal.
Cumpts.
De tron a 31 de Maio de 2010 às 01:31
e porque não se compõe o que está estragado ?
De Bic Laranja a 31 de Maio de 2010 às 21:33
Se for obra de monta há grandes empreiteiros...
Cumpts.
De tron a 31 de Maio de 2010 às 21:37
ou um grande sucateiro
De Attenti al Gatti a 29 de Maio de 2010 às 11:22
Viagei uma única vez nessa linha, para ir ao Estádio Nacional assistir a já não sei o quê, mas lembro-me de havêr uma multidâo enorme que lotou vários comboios. Creio que foi a derradeira vez que a linha foi usada. Depois fui assistindo à lenta degradação da estação e, por fim, deixei de passar por esse local, já lá vão muitos anos. Suponho que o ramal e a estação tenham sofrido o mesmo destino de tantas outras linhas por esse país fora.
Já que o tema é o transporte público, caso ainda não saiba, a Carris organiza todos os terceiros sábados de cada mês (começou no Sábado passado) passeios em autocarros antigos. É uma boa oportunidade para testar as subidas e descidas em andamento
A.v.o.
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010 às 19:26
Pois eu a única memória deste ramal que tenho é a de seguir no comboio para Carcavelos e ver estas linhas desprenderem-se para o Estádio. Nunca viajei nesse comboio.
Desconhecia a excelente novidade que me dá. Hei-de experimentar as viagens, mas isso de saltar em andamento já não deve ser para as minhas pernas.
Obrigado!
De metalum vispascensis a 29 de Maio de 2010 às 12:10
Nos anos 60, fui "convidado" a ir ao Estadio Nacional, no dia 10 de Junho (à data com outra designação), de modo a assistir a um festival da MP, creio que, denominado da Juventude.
Isto para dizer que utilizei este combóio de Belém ao Jamor.
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010 às 19:33
Uma experiência rara, afinal.
Cumpts.
De donatien Alphonse François a 30 de Maio de 2010 às 16:58
Lembro-me,em miúdo, de ter ido ao futebol nos anos 60. Ao descer do comboio éramos enquadrados pela GNR a cavalo e com brutalidade (devia ser por precaução)...Há neste país quem tenha saudade desses tempos...
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010 às 19:35
A Guarda Republicana entretanto sumiu-se. Hoje são as claques quem distribui jogo. É mais democrático.
Cumpts.
De tron a 31 de Maio de 2010 às 21:38
bastou ver o ultimo porto - benfica
De [s.n.] a 31 de Maio de 2010 às 12:31
Entre os anos 50 e 60, utilizei este ramal por duas vezes, que me lembre, uma para ir ao Estádio Nacional participar na festa do dia 10 de Junho (à época chamado o Dia da Raça).
Na altura era um garboso Chefe de Quina da Mocidade Portuguesa e fui incluído numa equipa de ginástica do Liceu Camões.
Mais tarde foi para assistir a uma final da Taça de Portugal em futebol, um Sporting-Benfica.
Já na época houve diferença no transporte. Enquanto a ida no dia 10 de Junho foi ordeira e pacifica, já a ida ao futebol foi uma confusão e atropelamento constante entre os adeptos, muito embora ainda pudessem viajar juntos na mesma carruagem. Hoje seria impensável.
De Bic Laranja a 31 de Maio de 2010 às 17:57
Pois. Hoje é como sabemos.
Cumpts.
De Fernando Campos a 28 de Abril de 2012 às 18:52
Isto é o ramal de acesso à estação do Estádio Nacional, que entretanto foi converida numa piscina olimpica.
É pena que a história da Cruz Quebrada esteja "largada" ao abandono e tão rica ela era... mas ainda`há boas coisas para descobrir e eventualmente recuperar... haja vontade. já agora, podiam arranjar as muralhas do estuário do rio Jamor que se encontram partidas desde as cheias de 83/84...

Comentar

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Caminhos de Ferro Vale Fumaça
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

RSS

____