De Attenti al Gatti a 30 de Maio de 2010
Confesso um "fraquinho": adoro as taseiras dos prédios. Não que não goste das frentes. Mas as traseiras mostram mais a vida como ela é, mostram aquilo que parece mal por à frente porque, como dizia a minha avó materna, a vergonha é na cara, não é no ... Era onde se viam as grandes tinas de tomar banho penduradas na parede, a roupa a secar, as gaiolas da passarada, os tanques de lavar, os gatos a dormirem, mulheres a conversar, e, nos prédios mais finos, até se poderia vislumbrar uma criada fardada a preceito. Outros tempos. Hoje vislumbra-se o princípio do fim.
De Bic Laranja a 30 de Maio de 2010
Já não há traseiras. Os logradouros são engolidos, são área edificável. Acima e abaixo do solo, como aqui se vê. Mas há exemplos de sobra. Veja só este ao Saldanha.
Cumpts.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.