23 comentários:
De Pedro Neves a 8 de Junho de 2010
Bom dia,

O Bic Laranja está novamente em destaque nos Blogs do SAPO, em http://blogs.sapo.pt

Boa continuação!

Pedro
De Bic Laranja a 8 de Junho de 2010
Grato pelo apreço. É muito simpático.
Cumpts. :)
De Technique de séduction a 8 de Junho de 2010
As fotos sao muitos lindas!
De Bic Laranja a 8 de Junho de 2010
Mérito do fotógrafo. Sorte a nossa.
Cumpts.
De João Baptista a 8 de Junho de 2010
Tirando a ditadura era qualidade de vida...
De Bic Laranja a 8 de Junho de 2010
Vossemecê atormenta-se desnecessariamente. Desfrute das imagens, se lhe agradam.
Cumpts.
De João Baptista a 9 de Junho de 2010
Dizer as verdades é ser atormentado? Então sou um ser atormentado, e hoje vou começar mais um blogue com as aventuras do embaixador de Portugal na Tugólândia.
Começa logo no dia 10 de Junho, LINDO :-))
De Bic Laranja a 9 de Junho de 2010
Se ver ditadura nestas imagens não é atormentar-se então calo-me.
Cumpts.
De João Baptista a 11 de Junho de 2010
Dou-lhe um conselho amigo, active o seu moderador de comentários.
Assim evita insinuar que quem não vê o mundo da mesma forma que você, tenha problemas do foro psicológico.

Aliás era uma coisa corrente nos anos 50.
Ops erro meu, nos anos 50 não havia ditadura, aliás o bairro de Alvalade até foi feito para os pobrezinhos. Ainda hoje é bairro social...

Não julgo as pessoas pelas suas palavras, mas pelos seus actos...

Obrigado e até sempre...
De Maionese a 9 de Junho de 2010
boas fotos..

http://forcanamaionese.com
De Maionese a 9 de Junho de 2010
http://forcanamaionese.blogspot.com
De Bic Laranja a 11 de Junho de 2010
Cumpts. :)
De tron a 9 de Junho de 2010
está tudo estrago agora como a mnha vida ficou de a dois das para cá depois do incêndio da pensão da rua da palma, fui uma das v´timas
De Bic Laranja a 9 de Junho de 2010
Lamento.
Mas vá. Ânimo!
De tron a 9 de Junho de 2010
tenho alojamento até segunda depois não sei
De Bic Laranja a 10 de Junho de 2010
Não sei que lhe diga...
De JC Duarte a 10 de Junho de 2010
Para além de se constatar que está frio, que as árvores ainda eram piquininas " e que os magalas se passeavam nas ruas, admira-me descobrir a largura desta avenida. É que hoje, e com a quantidade de carros estacionados em primeira, segunda e, por vezes, terceira fila, sobra uma faixa de rodagem útil.
É verdade: se nunca conheci o descampado onde agora se ergue a igreja, fui frequentador em tempos de estudante de ciclo e de liceu, do café Astória , ali mesmo no cantinho.
Tal como daquele outro, aqui não visivel , Nova Bagdad de seu nome, que todos os dias de manhãzinha dava (de borla mesmo) os bolos que haviam sobrado de véspera à garotada que fazia fila antes de abrir as portas.
De Bic Laranja a 10 de Junho de 2010
Os carros encolhem a cidade, de facto.
Grato pelo testemunho. Cumpts.
De bruno a 30 de Abril de 2019
Concordo.
De Attenti al Gatti a 11 de Junho de 2010
É interessante como as duas primeiras fotos mostram o lado "rico" da avenida e as duas últimas o seu lado "pobre". A harmonia que tranparece nas imagens era real. Os "ricos" e os "remediados" viviam paredes meias numa zona nobre da cidade, sem os mêdos, a "pindériquice" e as políticas erradas que levaram uns para os "bunker" dos condomínios privados e os outros para os "guettos" dos bairros sociais e para desastosas urbanizações periféricas.
A.v.o.
De Bic Laranja a 11 de Junho de 2010
Muitíssimo bem observado. O procedimento foi praticado até aos anos 60 - veja os Olivais - depois a moda, ou sei lá o quê, deu no que sabemos.
Cumpts.
De Lívia a 12 de Junho de 2010
Que paz e que vontade de poder passear por essa Alvalade!
De Bic Laranja a 12 de Junho de 2010
Custa não ser possível.
Cumpts.

Comentar