De JC Duarte a 10 de Junho de 2010 às 04:09
Para além de se constatar que está frio, que as árvores ainda eram piquininas " e que os magalas se passeavam nas ruas, admira-me descobrir a largura desta avenida. É que hoje, e com a quantidade de carros estacionados em primeira, segunda e, por vezes, terceira fila, sobra uma faixa de rodagem útil.
É verdade: se nunca conheci o descampado onde agora se ergue a igreja, fui frequentador em tempos de estudante de ciclo e de liceu, do café Astória , ali mesmo no cantinho.
Tal como daquele outro, aqui não visivel , Nova Bagdad de seu nome, que todos os dias de manhãzinha dava (de borla mesmo) os bolos que haviam sobrado de véspera à garotada que fazia fila antes de abrir as portas.
De Bic Laranja a 10 de Junho de 2010 às 15:09
Os carros encolhem a cidade, de facto.
Grato pelo testemunho. Cumpts.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.