18 comentários:
De Euro-ultramarino a 2 de Julho de 2010
Caro Amigo:
O regime da abrilada personifica tudo o que é anti-nacional. Dar cabo de Portugal é o mot d´ordre. Ora, a língua é das poucas coisas que restam, e como vector fundamental da nossa identidade, é alvo a abater - preferencialmente, ao bom estilo d´abril, com inexcedível baixeza. De cócoras diante dos brasucas é, pois, a forma ideal. Desta gentalha nada mais pode causar surpresa. Ignorá-los em bloco é o melhor que podemos fazer. Abr. amigo.
De Bic Laranja a 18 de Julho de 2010
Ignorá-los, pois. Enquanto seja possível...
Cumpts.

Comentar