6 comentários:
De João Távora a 25 de Julho de 2010
Imagens espectaculares. Não há GP como o de Monte Carlo. E que saudades dos domingos de corridas, fugiram para um qualquer canal temático e nunca mais as vi.
Abraço!
De Bic Laranja a 26 de Julho de 2010
Que não havia é certo. Hoje nem sei o que se passa nesse desporto.
Cumpts.
De Luísa Correia a 26 de Julho de 2010
Lembro-me de que eram Domingos em cheio, Bic, sobretudo se ganhava o nosso favorito. Os primeiros que cito já são uma memória muito esfumada, e apenas avivada pelos livros do Michel Vaillant, que também foram publicados, se não me engano, na revista Tintim. Mas recordo-me de sentir a morte do Cévert, que foi o piloto mais bonito de sempre. Mesmo miúda, já tinha as minhas noções estéticas. Curiosamente, julgava que teria sucedido no Mónaco, mas leio na «net» que foi nos EUA. Tenho muitas saudades desses Domingos. :-)
P.S.: Obrigada pela referência.
De Bic Laranja a 26 de Julho de 2010
Eram sim senhora. Eu foi mais nos anos 81, 82. Equando ganhava o nosso favorito é que era!...
Como disse nunca vi o Cévert nem o Stewart correr. Soube todavia mais tarde que o François Cévert morreu em Watkins Glenn, na última corrida de 1973 e que isso parece que levou o Jackie Stewart a abandonar as corridas.
Cumpts.
De tron a 2 de Agosto de 2010
sou duma geração mais recente, da geração do rei da chuva conhecido também como rei do mónaco ou Ayrton Senna, sim com ele a F1 valia a pena ver, agora falta algo, já não há aqueles pilotos que entram a matar que não houvesse amanhã e porem a a F1 em canal codificado ainda pior
De Bic Laranja a 3 de Agosto de 2010
Foram os reabastecimentos que deram cabo daquilo.
Cumpts.

Comentar