De Carlos Portugal a 26 de Julho de 2010
44º no Restelo, onde eu vivia em casa de meus Pais, em meados de Junho de 81, Caro Bic. Recordo-me de pegar na moto e ir até ao parque de Monsanto. Um termómetro de íman («tecnologia» da época, e falta de maiores meios) que eu levava sobre o depósito da minha Honda marcou nos Montes Claros, à sombra, uns incríveis 47º... Era irrespirável. Voltei para casa, é claro.

Contudo, o maior «bafo» que apanhei foi de 11 a 13 Agosto de 2003, em S. Pedro do Sul, estava eu de férias com a minha mulher e a minha filha mais velha. Às 8:00h, já estavam 41º, e dia 12 ou 13, alimentada decerto pelo calor dos incêndios florestais (praticamente todos de origem criminosa), a temperatura à sombra, junto ao Vouga, era de 52º(!!!). E não era medida no meu termómetro de íman dos idos de '81...

Curiosamente, coincidindo com o apagão na Costa Leste americana, no dia 14 a temperatura caiu subitamente a pique, quase 20º. Mas isso já é outra história...

Cumprimentos
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.