Sábado, 4 de Setembro de 2010

Azinhaga do Areeiro, c. 1910

Azinhaga do Areeiro, Lisboa (J.A.L. Bárcia, c. 1910)  Nos alvores de escrever aqui não imaginava onde fosse. Um ano depois descobri onde jazia e dei cá notícia. Pois da Azinhaga do Areeiro tenho cá agora uma vista dela, serpenteando até ao Areeiro.
  O monte para cujo sopé ela corre é o Casal Vistoso, também já aqui falei dele. Nesta imagem percebe-se-lhe todo o muro voltado a Sul com o alvo casal sobressaindo. Na encosta voltada a poente (lado esquerdo) brilha a fachada das ameias e nota-se bem o caminho ladeado de árvores que subia da quinta do Dr. Lobo (a casa desfocada), no preciso ponto onde a Azinhaga do Areeiro entroncava na Estrada de Sacavém.
  A Azinhaga propriamente era como que o prolongamento do caminho do Poço dos Mouros (que se não vê na ima-
gem); atingia a sua cota mais elevada, parece, no exacto sítio onde hoje temos a fonte monumental da Alameda de Dom Afonso Henriques (a meia altura da imagem, onde a estrada aparece cortada pela margem). A cota mais baixa era lá onde se vê uma fiada de casas; corresponde ao troço da Rua Abade Faria entre as ruas José Acúrsio das Neves e Lucinda do Carmo.
  Quase que diríamos que esta azinhaga ainda hoje lá está, embora se não veja...


Fotografia: fragmento duma Panorâmica de Lisboa, c. 1910.
José Artur Leitão Bárcia, in Arquivo Fotográfico da C.M.L..

Escrito com Bic Laranja às 23:15
Verbete | comentar
4 comentários:
De Attenti al Gatti a 7 de Setembro de 2010
Quando por lá andei,na infância, já não existia qualquer troço de rua com essa denominação, embora hovessem partes ainda mais ou menos intactas, como a Quinta do dr.Lobo, "as casas das varandas", o Casal Vistoso, etc. Contudo,o local ainda mantinha um certo ar arrabaldino.
A.v.o.
De Bic Laranja a 7 de Setembro de 2010
Ao cimo da Abade Faria, em chegando á Actriz Virgínia, há um arquear da rua extravagante ao lado da Barão de Sabrosa, que é regular. É o primitivo alinhamento da Azinhaga do Areeiro ao encontro da Estrada de Sacavém mais adiante, onde conheceu a quinta do Dr. Lobo.
Cumpts.
De Jorge Oliveira a 2 de Janeiro de 2018
Esta azinhaga é a que se chamará agora Azinhaga da Fonte do Louro?
De Bic Laranja a 2 de Janeiro de 2018
Não. São as ruas Carvalho Araújo e Abade Faria.
Ano bom!

Comentar

Agosto 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____