De Carlos Portugal a 15 de Outubro de 2010
Nem mais, Caro Bic. Aliás, quando Mértola foi entregue à Ordem de Santiago, D. João Fernandes, o Mestre da Ordem, mandou alterar a antiga mesquita, convertendo-a na bela igreja de que ainda subsistem os elementos góticos e não só, e apenas ordenou que não tocassem no Mihrab, pois (se não me falha a memória) terá dito: «Não toquem no Alcoorã (o Mihrab), pois não se profana um Templo dedicado ao Deus Único. Apenas lhe Coloquem em frente a Imagem do Salvador». Por isso, a Igreja de Mértola tem o Altar-mor virado a Sudeste, como que para Meca, e não a Nascente, como nas Igrejas da Cristandade.

Mas a Ordem de Santiago, sendo Templária, tinha uma visão muito peculiar e iluminada de todos estes conceitos, que não cabe nas estreitíssimas modas de antolhos de agora, que tudo querem classificar contra o Cristianismo - que é, e sempre foi, a Fé de Portugal.

«Não por nós, Senhor, não para nós, mas para a Glória do Vosso Nome».

Falta-nos Gente desta.

Cumprimentos.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.