8 comentários:
De Inspector Jaap a 16 de Maio de 2012
Obrigado, Bic, pela magnífica fotografia desse magnífico castelo, com a torre de menagem a transportar-me à minha meninice, por analogia com a sua congénere de Guimarães, aquela que aparecia amiúde nos livros da escola, sabem, no tempo em que havia livros e escolas dignos desse nome.
A minha imagem mental do orgulho luso, foi sempre consubstanciada nessa torre erguendo-se, orgulhosa e altiva, tendo como pano de fundo o céu doirado de Portugal - uma ideia fugaz, hoje - mas, a rigor, nesta, o céu está bem mais tormentoso; sinais dos tempos?
Cumpts
De Bic Laranja a 16 de Maio de 2012
Naquele tempo também chovia. E o Sol também brilhava, ao invés da apregoada longa noite. Portugal ainda não acabara, eis a diferença.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 17 de Maio de 2012
Com que tristeza imensa lhe dou razão!
Cumpts
De Inspector Jaap a 16 de Maio de 2012
E a estátua do rei Afonso Henriques a personificar esse orgulho; até dói, pensar nisso hoje.
Cumpts
De Bic Laranja a 16 de Maio de 2012
Bem, ele há a cutilada donde jorra uma aguadilha suspeita ao cimo do Parque Eduardo VII.
Cumpts.
De Inspector Jaap a 17 de Maio de 2012
Boa, Bic! Com que propriedade veio o seu comentário.
Por razões que facilmente aduz, eu nem sonhava que tal dejecto de ar urinoso, a avaliar pela foto, existia; mas que coerência em relação ao que estamos a falar!
Cada panela, com o testo para ela.
Cumpts
De MLisboa a 16 de Maio de 2012
Excelente fotografia!
Cumpts
O.
De Bic Laranja a 16 de Maio de 2012
Pura sorte. Gentileza sua. Obrigado!

Comentar