8 comentários:
De Luísa a 26 de Janeiro de 2011
Já não falando na ortografia, que toda agente sabe que é (ou era) diferente e... ponto final, parágrafo.
A minha questão é: o verbo "bolar", presente no excerto aqui presente, é português decente (seja ele português de Portugal ou do Brasil ou da China)? Será que é vocabulário que os brasileiros usam em sala de aula?!? Pensava que era um calão ou gíria deles...
Quanto ao copiar/colar do(a) professor(a) da escola de Paredes... só digo: que tristeza. E não é só pelo copiar sem adaptação. É mesmo pela falta de imaginação que tem para copiar algo do Brasil. Ao menos que tirasse ideias do seu próprio país. Há para aí tanta coisa nas bibliotecas e na internet... Isto leva-me a outra coisa: avaliação do docente. Não andavam apara aí a dizer que os materiais do docente também seriam alvo de avaliação?!? Então, só eu é que tinha que fazer materiais originais e provar por A+B que eram mesmo meus?!?
Já num intendo nadica di nada...
De Bic Laranja a 26 de Janeiro de 2011
Do que vejo lá, tomam os pontapés pela gramática. Nem sei se fazem ideia de como o idioma lhes chegou.
De cá, é indigência que não desmerece todos esses pontapés que arribam dos trópicos e muitos mais.
Tudo uma desgraça, afinal.
Cumpts.

Comentar