De George Sand a 22 de Fevereiro de 2011
Um acordo que está a destruir a língua portuguesa. E a contribuir para o afastamento entre portugueses e brasileiros. "1808" foi editado em Portugal "traduzido" para português de Portugal, porque os portugueses cada vez mais se recusam a ler o português do Brasil. Como forma de reaccção a este acordo idiota. Não tarda tremos que ler Jorge Amado "tradizido" o que também é um disparate. Conseguiram isto: afastar ainda mais a literattura dos dois países e sem necessidade nenhuma: estavamos muito bem como estávamos.
Recém chegada à blogosfera descobri mais um blogue, que gostei de ler.
De Carlos Portugal a 22 de Fevereiro de 2011
Pois é, Cara George Sand, quando há trinta e muitos anos eu estudava no IST, logo após o Verão «quente» de 1975, a míngua de bons livros científicos e técnicos em língua inglesa ou francesa (quase «proscritos» pelos fundamentalistas esquerdóides de então), forçava-nos a recorrer a miseráveis traduções brasileiras. Eram de arrepiar, já nessa altura, pois verificávamos que os brasucas simplesmente não usavam dicionário, limitando-se a «abrasileirar» termos que não entendiam e a deixar a frase na estrutura anglo-saxónica ou gaulesa - por inépcia, por preguiça, sei lá - deixando o texto praticamente ilegível. Tínhamos primeiro de adivinhar qual era a frase na língua original para depois a traduzirmos mentalmente. Um horror.

Contudo, agora ainda estão piores - bem piores! Muitos dos textos (e não estou a falar sequer em literatura, note) mais parecem traduções automáticas feitas por um qualquer software de terceira categoria...

Mas tem toda a razão. Esta abominação apenas está a provocar um afastamento irremediável entre portugueses e brasileiros, para além de tentar destruir a nossa Língua. E um ódio cada vez maior (se tal for possível) em relação aos trastes que nos desgovernam...

Cumprimentos.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.