Segunda-feira, 7 de Março de 2011

Quem me dera saber dizer isto

O. Braga, Perspectivas (c) 2011

  • A designação de “português europeu, de certa forma, dissocia simbolicamente a língua do país que é Portugal — enquanto que a designação “português brasileiro acentua o simbolismo da nacionalidade atribuída à língua (ver o que diz, sobre este assunto, Ferdinand de Saussure: a supremacia do significante (brasileiro) sobre o significado (português), ou o conceito de assimetria conceptual. No caso de “português europeu”, o significante é “europeu”).
  • Neste contexto desconstrutivista / cultural brasileiro, o próximo passo do nacionalismo brasileiro será, talvez, o da implementação do conceito cultural de “brasileiro” para a língua do Brasil, e o de “brasileiro português” para Portugal. Aquilo que era português passa a ser brasileiro, e aquilo que era brasileiro passa a não ser português.

O. Braga, «Acordo Ortográfico: podem enganar muita gente, mas não toda», in Perspectivas, 2/3/2011.

Escrito com Bic Laranja às 20:01
Verbete | comentar
27 comentários:
De Daniel João Santos a 7 de Março de 2011
uniformização da escrita não significa uniformização da língua.
De Bic Laranja a 7 de Março de 2011
A que uniformização da escrita se refere?
Cumpts.
De Hugo a 8 de Março de 2011
Importa-se de desenvolver?
De Carlos Portugal a 8 de Março de 2011
Sabe, Caro Bic, todas as ideias de «uniformizações», de globalismos, tresandam-me a cinzentismo, a formigueiro sovietizante e imbecil. É a atracção pelo vazio, pela falta de diversidade, pela monotonia absoluta que leva à minimização do Homem e da Natureza. Uma aberração que se tem de combater com todas as nossas forças. Se há gente que não sabe pensar sozinha, e só em grupo ou em formigueiro, então que vão para uma dessas repúblicas ex-soviéticas, ou para Cuba, e fundem lá o seu mundo insectóide de utopia. E não estraguem o resto do Planeta.

Cumprimentos.
De Bic Laranja a 8 de Março de 2011
É isso mesmo. É para fazer tudo «único». Dantes havia comboio pago para os dissidentes irem educar-se; agora parece que temos que pagar nós a TV que nos «educa» na monomania à hora de jantar. E a pior é esse nojo da monomania de género. Até no género gráfico...
Cumpts.
De A. Cardoso a 8 de Março de 2011
Acordo Ortografico - A "media" portuguesa com acento brasileiro. Na radio, na TV, o sotaque brasileiro marginaliza a pureza da nossa lingua, dai nao e de surpreender a modificacao de certas palavras. O acordo ortografico deu mais um passo para equalizar/acentuar a presenca brasileira!
De Bic Laranja a 8 de Março de 2011
Pois sim. Resta perguntar se já somos brasileiros. Brasileiros europeu, quiçá...
Cumpts.
De Pedro a 8 de Março de 2011
Nem nisso devemos ter sorte, os brasileiros chamam-nos o traseiro da Europa.
De Bic Laranja a 8 de Março de 2011
Vozes de burro. Que continuam a desaguar aqui em torrente...
Cumpts.
De Pedro a 9 de Março de 2011
Senhores, "português europeu" é a designação dada em linguística portuguesa ao português falado em Portugal. Foi criada por linguistas portugueses há décadas e décadas, numa altura em que o Brasil nem linguistas tinha; está atestada em qualquer gramática decente do século XX.
Fica-lhe bastante mal este acompanhar da ignorância do "Perspectivas", Bic Laranja. Mais ainda quando mete os pés pelas mãos com o que disse o Saussure - que fica bem citar, mas com propriedade.
De Bic Laranja a 9 de Março de 2011
1) "Português europeu", diz-me está consagrado pelo uso (e que uso); também as consoantes etimológicas, e pela mesma linguística portuguesa do séc. XX que também elaborou parecer sobre o Acordo (Orto)gráfico em 2005, o qual foi (e é) escondido e quase ignorado até hoje;
2) Da ignorância das "Perspectivas" e da companhia que lhe faço, não me parece mas, que seja, já que é vossemecê quem diz o contrário...
3) Do que disse Saussure elucide-nos também já agora sobre a falta de propriedade, pois que lhe fica mal contradizer sem fundamentar.
Cumpts.
De BST a 9 de Março de 2011
Dizer português europeu é, hoje em dia, inexacto, por ser também o português falado em África e na Oceânia.
Escreva-se Poruguês de Portugal ou Europeu (pt-pT ou Eu) mas acrescentando-se-lhe o de Africa (pt-A) e Pt-O para o da Oceânia. O português do Brasil será o português da América do Sul, já que falamos de continentes: pt-AS.
De Bic Laranja a 9 de Março de 2011
É, no mínimo e objectivamente, pouco exacto. Exactamente.
Cumpts.
De Blondewithaphd a 9 de Março de 2011
Pena que o resto do mundo português não entenda nada disto...
De Bic Laranja a 9 de Março de 2011
Pena que o mundo português haja degenerado até à raiz.
Cumpts.
De Zephyrus a 9 de Março de 2011
Dito por um «escritor»...

«Conversa datada» (2:46)...

http://www.youtube.com/watch?v=BBwFz3TK0mE&feature=player_embedded#at=258
De Bic Laranja a 9 de Março de 2011
Diz que deu para um peditório e já não dá mais. Eu dou para o peditório de ele se calar.
Cumpts.
De Paulo Cunha Porto a 9 de Março de 2011
Meu Caro Bic,
já estivemos mais longe, as editoras francesas consagram vulgarmente «traduit de l´américain». Não sei se o grito do Ipiranga também lá já faz valimento, mas, por norma, tudo o que bafeja os "yanks" acaba por tocar a Terras de Vera Cruz.
O resto é o fim do proteccionismo linguístico, com os peixes grandes a comerem os pequenos. E não há uma Madame Bombardier que nos salve, veja a cruzada linguística que ela desenvolveu em prol da língua ancestral do Quebeque, contra a indiferença dos próprios habitantes do hexágono.
Abraço
De Bic Laranja a 9 de Março de 2011
Seja lá como for, quieto é que eu não fico. Nem os habitantes da Cidade do Quebeque, como comprovei quando lá estive: não falavam inglês e, disseram-me, só havia uma escola inglesa na cidade.
E com traidores, à falta de penas da Lei, é chibatar-lhes a cernelha com esta com que escrevo.
Cumpts.
De Filomena Matos a 13 de Março de 2011
Tanto barulhinho para nada, isto não tem nada a ver com o Brasil porque os prémios são de origem norte-americana. Ou estarei a ver mal?
Se for Oscar, tem marca registada. O plural de Oscar® é os Oscar®.
Se aportuguesarmos e dissermos Óscar e Óscares, tiramos a marca registada.
Creio que é isto. Simples, não?
Cumprimentos,
Filomena Matos
De Bic Laranja a 13 de Março de 2011
Com todo o respeito, está a ver mal. Mas vale para os brasileiros a lição sobre o aportuguesamento da coisa.
Cumpts.
De tron a 15 de Março de 2011
a wikipedia em português é 100% brasileira, no entanto os autores fazem questão de não adoptar o aborto ortogárfico que tantos ursos querem usar ursos como o chefe do estábulo Quem quer ser milionário o apresentador José Carlos Malato.
E digo que não adoptam porque recorro a wikipedia como fonte para esclarecimento de dúvidas em especial datas hsitóricas para muitos dos meus artigos e lá não querem fazer uniformização a língua de Camões e Jorge Amado ao contrário do que querem fazer em Portugal.
O último cidadão no mundo que pensou em pôr tudo uniforme dava pelo nome de Adolf Hitler e os resultados sabemos quais foram e em Portugal estamos a viver sobre o poder de um Hitler de Bolso que tem nome de filósofo que acabou condenado a morte por corromper a juventude ateniense (terá sido pedofilia) o daqui anda a roubar o país a toda a força e ninguém o condena e agora quer assassinar a 3ª língua mais falada do mundo atrás do Mandarim e do Inglês.
E até mesmo os EUA e o Reino Unido não tiveram esta triste ideia que teria reflexos dramáticos na cultura em especial na música onde alguns letristas brilhantes como Freddie Mercury chegaram a usar um inglês do estilo shakesperiano nas suas composições e colocar estas letras com inglês americano seria uma aberração e o mesmo se aplica a grupos como os Bon Jovi ou os Guns N' Roses 100% americanos que têm boas peças mas em inglês americano que caso fossem cantadas em inglês britânico ficariam aberrantes
De Bic Laranja a 15 de Março de 2011
A biquipedia (é mirandês) é um antro de marxistas zelosos do texto sagrado que lá vertem.
Cumpts.
De tron a 15 de Março de 2011
mas porque os marxistas brasileiros respeitam mais a língua do que os "liberais" portugueses ?
De Bic Laranja a 16 de Março de 2011
Não respeitam, apoderam-se. Os "liberais" deixam (aliás, deixam tudo).
Cumpts.

Comentar

Junho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____