8 comentários:
De vsc a 16 de Abril de 2011
Eles precisam de mencionar os falantes, porque se forem mencionar os escreventes...
De Bic Laranja a 16 de Abril de 2011
E falarão todos português?
Cumpts.
De [s.n.] a 17 de Abril de 2011
Ainda bem que voltou ao tema "língua portuguesa".
Um dia destes tenho forçosamente que escrever sobre alguns estrangeirismos absolutamente desnecessários e que se ouvem há décadas. Além de irritantes são pirosos ao máximo. A língua portuguesa tem tradução para todos os vocábulos franceses e ingleses, com algumas excepções que, embora tendo a sua versão em português e podendo usar-se qualquer delas, são aceitáveis justamente por este facto mas também por habituação dada a forte influência da cultura francesa em Portugal até meados do século passado. Aliás alguns, muito poucos, desses vocábulos, à falta talvez de uma tradução considerada adequada pelos linguístas da época, foram convenientemente aportuguesados.

Quando se ouve gente que supostamente tirou um curso superior(?) dizer repetidamente pérolas como estas,

- evento
- trailer
- thriller
- derby
- mister (esta, ainda vá que não vá, se bem que...)

e outras mais e não se darem conta do ridículo da coisa, então nada mais há a acrescentar.
Maria

Nota: Os arquitectos(!) portugueses(?) increditàvelmente sempre disseram 'equipe' em lugar de EQUIPA. E inacreditàvelmente continuam a fazê-lo... quando finalmente já aparecem os títulos e sub-títulos nas televisões, assim como os jornalistas, locutores/as, comentadores, gente do futebol, etc., a dizê-lo correctamente. Incrível.
De Bic Laranja a 17 de Abril de 2011
Oh! Ele há tantas, tantas!... Cada vez que apanho com «workshops» animados a «powerpoints» é um maná de «networkings», «expertise teams», «HR business partners», tudo mui proactivo e costumizado. Um enjoo!
Cumpts.
De O.Pereira a 18 de Abril de 2011
Permita-me discordar, meu caro - o linguísta Malaca não "poderá ser uma boa caca"; é uma má caca!... uma macaca, se quiser... mesmo nisto de cacas, há que atender à qualidade, quando não há mais por onde escolher... má caca e macaca (de imitação) que subscreve e segue tão inqualificável acordo!
De Bic Laranja a 18 de Abril de 2011
Ia dizer que o adjectivo qualificando a porcaria só agrava mas, é vossemecê que tem mais razão.
Cumpts.
De A.M.M.S. a 20 de Abril de 2011
Estou suprendido por este debate em cima da mesa. Tava de saída da net pa ir a umas premoções num shopping e depois dar um mergulho na pechina antes de passar pla ofcina e sou apanhado por isto. Xelente, já não há debates assim, xéto nos blogs, que não têm muita veseblidade, o que é uma pena. Nachi em 1965 em Moçambique e sou filho dum mlitar. Crechi em Lejboa e foi cá que comecei a falar assim, como se fala agora nas rádios e televisões potuguesas. Interrogo-me se isto não será muito mais eficaz para o empobrecimento da língua nacional do que o acordo otográfico que vem já de 1990, um tempo onde se falava muito melhor em Potugal.
De Bic Laranja a 20 de Abril de 2011
"Potugal" está mal. Diz-se "Purtugal". Então vossemecê não ouve os seus amigos da bola a apoiar a selecção?!..
Cumpts.

Comentar