10 comentários:
De André Santos a 25 de Maio de 2011
A falta que faz um 762 nos dias de hoje...
Acaba por não ser uma imagem dificil de imaginar, as linhas estão lá, o empedrado está lá. Faltam os monstros de ferro, as toneladas de madeira... outros tempos.
De Bic Laranja a 25 de Maio de 2011
Faz isso tudo muita falta, pois!...
Cumpts.
De Luísa a 25 de Maio de 2011
Uma coisa que eu sinto falta nesta terra: os jacarandás. Adorooooo! Obrigada, caro Bic, por uma foto tão bonita!
De Bic Laranja a 25 de Maio de 2011
De nada. Folgo que tenha agradado.
Obrigado.
De João Garcia a 25 de Maio de 2011
Caro Bic Laranja,
não sei se já é do seu conhecimento, mas se me permite, recomendo que dê uma vista de olhos a esta fantástica galeria de fotos dos eléctricos da Carris:

http://www.flickr.com/photos/trams-lisbonne/sets/?&page=2

Cumprimentos
De Bic Laranja a 25 de Maio de 2011
São uma maravilha, não são? Ainda conheci todas aquelas carreiras em circulação. Bons tempos.
Obrigado.
De Mário a 28 de Maio de 2011
Uma foto muito gira e que nos traz saudades dos tempos idos.
Que mania do moderno e de terminar com os eléctricos!
De Bic Laranja a 28 de Maio de 2011
Sem dúvida. A Carris e a Câmara andaram 30 anos para acabar com os eléctricos por razões de modernidade. Quando acabaram o trabalho já a modernidade caducara.
Cumpts.
De Júlio Amorim a 31 de Maio de 2011
Que bela de fotografia....a Lisboa do anos 80 deixou muitas saudades, porque muitas coisas estavam a dar os últimos suspiros...eléctricos, grandes cafés, comércio....
De Bic Laranja a 1 de Junho de 2011
É justamente como diz. Cuido que foi a vertigem da C.E.E. que liquidou de vez o que sobrava.
Cumpts.

Comentar