2 comentários:
De [s.n.] a 28 de Maio de 2011
Outro belo fado, a mesma linda voz. Hermínia, pelo visto. Mas que lembra vagamente a voz de Maria Teresa de Noronha, lá isso é verdade. Que saudades de fadistas que já não estão (e dos que ainda estão entre nós mas que infelizmente já não cantam, como por exemplo, João Ferreira Rosa, José Pracana, etc.) e que marcaram uma época de ouro que não volta mais. E ao recordarmos estes tempos de verdadeira paz, alegria e felicidade - inexplicável, mas, porque dada como garantida, profundamente interiorizada em cada um de nós - e estas lindíssimas vozes ouvidas vezes sem conta no rádio e na televisão sempre com prazer renovado, um misto de tristeza e de saudade invade-nos o coração e a alma e não nos larga mais.
Maria
De Bic Laranja a 28 de Maio de 2011
Suponho que se refere ainda ao "Fado das Toiradas".
Sim. Talvez a frescura da voz faça lembrar D. Maria Teresa de Noronha; nem o estilo é de todo em todo diferente.
Cumpts.

Comentar