31 comentários:
De Bic Laranja a 23 de Julho de 2007
Concerteza! :)
De Isabel a 2 de Julho de 2007
Olá
Posso pôr no Carmo e Trindade?
Está bem engraçado
Cumprimentos
Isabel
De Bic Laranja a 28 de Junho de 2007
Risos também, Dona T. // Não peça caro Valdemar Alves. O seu comentário foi importante para recentrar o tema. Obrigado! // É uma designação maioritariamente desconhecida, D. Luar. Obrigado eu! // Cumpts.
De Luar a 28 de Junho de 2007
Não conhecia essa designação de «avenidas novíssimas». Estou sempre a aprender. Obrigada.
De Valdemar Alves a 28 de Junho de 2007
Eu é que peço desculpa se me alonguei no meu comentário entrando por caminhos que não estão no âmbito deste blog. Cumprimentos. Valdemar Alves
De T a 27 de Junho de 2007
Não. Agora repeti porque isto emperrou. Se calhar li mal de tarde:) A velhice é terrífica ! Risos.
De Bic Laranja a 27 de Junho de 2007
Visão turva?!... Cumpts.
De T a 27 de Junho de 2007
Estou preocupada com a minha visão Sr Bic:)
De Bic Laranja a 27 de Junho de 2007
Caro Sr. Valdemar Alves: Os vestígios de cada época falam pela acção dos homens nesse tempo. E as interpretações variam conforme as cabeças... Objectivamente as imagens estão aí. Desculpe não me alongar mais na resposta, mas não pretendo fomentar neste blogo qualquer fórum sobre regimes. Cumpts. e obrigado pelas suas ponderadas palavras.
De Bic Laranja a 27 de Junho de 2007
As avenidas novíssimas (foi esse o nome que lhes deram para distingui-las das avenidas novas do início de 1900) são suas também, D. Luar. Ou o que sobra delas. Sobre a nostalgia ela deve-se ao desmazelo dos últimos 40 anos (cf. http://combustoes.blogspot.com/2007/05/cidades-assassinadas-4-lisboa.html ). Cumpts.

Comentar