Sábado, 23 de Julho de 2011

Esta vida de turista!...

Ecos da civilização

 O noticiário encarece muito as novas tarifas do estacionamento em Lisboa (não bastava só por si a odiosa E.M.E.L.?). E não pára de encarecer a barateza e a meteorologia do Algarve. Pois aqui o tempo está fresco e a água não apetece. Se não for por ser cá a Região de Turismo a patrocinar a notícia e o boletim meteorológico, bom... E sobre o estacionamento em Lisboa a quadrilha da E.M.E.L. havia de ir presa. Mesmo como larápios são mais reles do que os arrumadores maltrapilhos. Estes mesmo assim ainda conseguem ganho onde a E.M.E.L. só conta prejuízo. Porque será? Se nem uns nem outros são onerados com o arranjo da calçada, a recolha do lixo ou a lavagem das ruas que exploram...


Rua de Arroios, Lisboa, 2010.

Vila Meira

Vila Meira, Algarve - (c) 2011Vila Meira - (c) 2011

 A Vila Meira foi pintada...
 Houve um Meira certa vez - Meira qualquer coisa - que era vendedor de enciclopédias. Parece que tinha jeito, tanto que chegou a supervisor da zona Sul. Do cimo da escalada arrranjou o xadrez em três subdivisões e deitou a escada a três peões de brega: um fulano, bom vendedor mas uma desgraça a conduzir; uma fulana... e; outro fulano de que me não lembra já nada. Mais tarde ouvi que um director o abonou, ao Meira, com uns milhares de indemnização que arrumaram de vez com umas reuniões tête-à-tête que ele costumava ter lá no gabinete com a fulana. A pobre fulana recebeu apenas guia de marcha sem direito a mais nada, coitada. Não tinha peso institucional. Parece que no fim nem o fulano que era bom vendedor aproveitaram; batia demasiadamente com o carro. Não sei como ficou ao depois a história nem se ficou o outro fulano de que não me lembra já a supervisionar alguma coisa que restasse. Também nada disto tem que ver com a Vila Meira, salvo o nome.
 Que eu saiba.

Correio da praia

 Cruzei-me lá atrás nas escadas com o Abraão Lincoln. O Abraão Lincoln foi quem me deu aquele toque na porta em 94. Andou por saber quem era o dono e veio a ver-se era eu. É uma personagem estival de todos os anos mas, no meio de tantas personagens, nunca cheguei cá a escrever de si (dele). Aos anos que aquilo foi!... Nem deve o Abraão Lincoln lembrar-se já da história. 
 Ali diante vejo o homem que devorava livros. Hoje está só com o jornal. Como no ano passado ou já no outro...?

O Carvalhosa

 Ouvi ontem que o Carvalheiro foi assaltado. Ouvi de passagem. Não sei em que contexto; se na praia, no Algarve, ou lá para o Norte (a pronúncia de quem divulgava era nortenha). Não conheço o Carvalheiro, mas mudo-lhe agora aqui o nome para Carvalhosa. Bem sei que no tempo do Eça as praias do Algarve não contavam, mas sendo o nome Carvalhosa muito mais queirosiano sempre há-de compor melhor esta quadrilhice balnear.

Algarve, 4 de Julho

Escrito com Bic Laranja às 22:44
Verbete | comentar
4 comentários:
De Paula Gesero a 24 de Julho de 2011
Caro Sr. Bic Laranja,

Era só para lhe agradecer os maravilhosos posts com pequenas referências históricas e cartográficas de Lisboa. Estou a escrever a minha tese de mestrado e já por várias vezes, ao googlar alguma coisa, o seu blog é o que aparece primeiro, guiando-me rapidamente para a fonte necessária. Obrigada! PG
De Bic Laranja a 25 de Julho de 2011
Obrigado! Sobre que escreve?
Cumpts.
De Paula Gesero a 26 de Julho de 2011
Estou a escrever sobre o impacto que o imigrantes podem fazer na paisagem urbana. A zona de estudo é o Martim Moniz / Mouraria.
Depois de terminada no final de Setembro, vou ter também um blog com as fotos e as gravações sonoras que tenho andado a fazer, e que poderá também consultar.
Cumprimentos, Paula G.
De Bic Laranja a 26 de Julho de 2011
Obrigado. Ficamos, então, aguardando.
Cumpts.

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____