23 comentários:
De Attenti al Gatti a 5 de Agosto de 2011
Também eu. Ainda a visitei quando já se lhe adivinhava o fim prematuro. Faleceu aí por meados dos anos oitenta do século passado. Mais requintada que a sua congénere Portugália, enquadradava-se estéticamente bem no local. Não deve ter aguentado a concorrência dos come-em-pé durante o dia, nem a falta de freguesia durante a noite, num local pouco frequentado nocturnamente.
A.v.o.
De Bic Laranja a 6 de Agosto de 2011
Há-de ter sido isso, há.
Cumpts.

Comentar