De Luísa a 13 de Setembro de 2011
Há uns dias escrevi lá no meu canto sobre isto. Já não sei o que se fala... é o pretuguês de além-mar, é esta coisa dos "bifes"... Sempre achei que os espanhóis caíam no exagero em adaptar tudo à sua língua, mas... começo a achar que "nuestros hermanos" têm razão...
Ao menos todos os meus colegas daqui elogiam os meus enormes (segundo eles) e constantes ('segundo a minha pessoa') avanços no alemão... pode ser que, no futuro, me venha a servir por essas bandas... :s
De Costa a 13 de Setembro de 2011
Os espanhóis não terão tanta razão. Levam a coisa longe demais. Algures no meio estará a virtude do bom senso. O respeito pela língua, sem o exagero, "nacionalista" ou não, de tudo pretender traduzir, roçando por vezes o ridículo.

Por cá, país de new money " (novo-riquismo, desculpem-me), com pouco ou nenhum chá tomado na infância e assente num alicerce cultural na melhor hipótese quase nulo, o deslumbramento por essas palavras é inevitável.

E como o português oficial é o que se sabe e por aqui tem sido comentado, estão todos muito bem uns para os outros: os gestores do metropolitano de Lisboa, os da PT, todos aqueles e aquelas que se pavoneiam nessa feira de vaidades pelintra e vácua em que se tornou o mundo da publicidade e do marketing.

Portugueses bem sucedidos, em regra.



Costa

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.