Domingo, 18 de Setembro de 2011

O ocaso da ortografia

 Uma coisa que me sempre irritou nas Ciberdúvidas foi a mania de atirarem as consoantes etimológicas do português para dentro do burladero (parêntesis), a par dos acentos cricunflexos brasileiros (cf. Mictório, Ciberdúvidas, 27/10/2004). Tal exercício parecia-me que era escrever mal; nem escreviam português nem português brasileiro; e tal dejecto ortográfico (passe o termo) sucedia em páginas de esclarecer dúvidas de... português. Pois bem, com a maravilha luso-fôna da união da grafia do português pelo português brasileiro a cagada (desculpem o termo) não podia sair melhor. Confira s.f.f. o benévolo leitor a desdita em que nos lança o Acordo Ortográfico de 1990 (o tal já firmado que se torna imperativo de os portugueses acatarem, polos brasileiros não acatarem eles o que firmaram de livre vontade em 1945). No pelourinho dos «Abusados» da Casa Pia (Ciberdúvidas, 13/1/2004), a redacção é uma confusão pegada. É nisto que havemos de pastar durante anos. É ou não o fim da Ortografia (= recta escrita)?

Ciberdúvidas em mau português

Nota: claro que pelo português brasileiro a impor, o que vai a verde é o que se tem por incorrecto e o que vai vermelho o que se quer tornar português correcto.
Escrito com Bic Laranja às 23:59
Verbete | comentar
13 comentários:
De Carlos Portugal a 19 de Setembro de 2011
Um verdadeiro nojo, meu Caro Bic. Aliás, os objectivos confessos destes bárbaros é continuarem com «acordos» até a grafia (já não «orto») ser a mesma, numa sanha globalizante execrável e redutora.

Ou seja, querem anular a personalidade própria de cada cultura, ainda para mais nivelando tudo pelo mais baixo e degradado padrão: o brasileiro, dialecto tão corrompido por mil e uma influências de migrantes, estrangeiros e habitantes de favela e sertão (é moda, usar o «patois» do povo...) que, dentro em pouco, pelo andar da carruagem, já não se poderá sequer considerar Português...

E é isto que nos querem impor, com desculpas que vão do «assim a língua Portuguesa ficará mais forte» (não sei como se é degradada - continuam a pautar-se pelo número, não pela qualidade), que «o Brasil é um grande mercado» (para literatura não estou a ver... E literatura abastardada com acordos destes deixa de o ser, para passar a cópia cheia de erros de qualquer miúdo da primária), e por aí fora...

E tudo isto imposto com métodos estalinistas da pior espécie (recordemos que tanto o Lula como a Dilma são estalinistas)...

Daqui a pouco, o último resto de Português no Mundo será o Timorense, o Goês ou mesmo o Galego...

Enfim, meu Caro, temos de lutar para que não nos seja retirado mais este património: o da Língua-Pátria.

Cumprimentos.
De Alves Pereira a 19 de Setembro de 2011
Bem dito, Companheiro...
o que querem é fazer uma corrida com 20 manquinhos e, como há um são, pois corta-se-lhe a perna para ficar tudo igual...e depois, tudo à sorrelfa , para que ninguém dê fé... Este miserando Mundo novo...Cump .
De Alves Pereira a 19 de Setembro de 2011
daqui a nada, nada é erro; assim, vamos ter uma população co o mais elevado grau de cultura (ou coltura?) é que isto, só a tiro.
De Carlos Portugal a 19 de Setembro de 2011
Incultos, semi-analfabetos, um rebanho fácil de enganar e conduzir ao redil...Tem toda a razão, Caro Alves Pereira, isto só a tiro... Ou, como diria um conselheiro assisado a El-Rei D. João II: «Messire, é mister passá-los à espada...»

Cumprimentos.
De Alves Pereira a 20 de Setembro de 2011
Caro Portugal:
sabe que, de certo modo, tenho inveja do seu nome? é que, ao dirigir-me a si, estou também a fazê-lo a todos os que, como nós, compõem a Nação Portuguesa, sim, que essa, por doente, não está morta...
quanto ao seu comentário, que agradeço: notável.
Cumprimentos
De Carlos Portugal a 21 de Setembro de 2011
Caro Amigo:
Eu é que agradeço a sua gentileza e asua sensibilidade.
Muito obrigado.
Cumprimentos.
De Bic Laranja a 19 de Setembro de 2011
É essa a ideia. Abolir o erro. Só assim «nóis pega os peixe».
Cumpts.
De Alves Pereira a 20 de Setembro de 2011
Caro Bic:
é isso justamente (ou deveria dizer áí ? esse é, de certeza, o seu (desses desgraçados) desiderato, mas há uma coisa que sempre me confundiu desde o início deste malfadado projecto: o que terão em mente esses tipos?
ele há comportamentos desviantes (não pense que me não adapto à futilidade do jet-seis , eh, eh)que eu posso compreender e não aceitar, ou aceitar e não compreender, mas , neste caso, nem uma coisa nem outra; haverá alguém que me consiga explicar isto?
Cump.
De Bic Laranja a 19 de Setembro de 2011
Mas alguém crê que o Brasil tenha 200 milhões de leitores? - Que comprem livros. - Que o tenha de falantes talvez. É terra de araras. Do que eles falam não curo de saber.
Cumpts.
De Alves Pereira a 21 de Setembro de 2011
e, já agora: alguma estação de televisão brasileira aderiu ao aborto? e jornais? têm notícias de algum?
Cumprimentos.
De tron a 19 de Setembro de 2011
eu apesar de ter feito todo o meu ensino primário em escolas da câmara sempre aprendi que um fato era um conjunto constituído por casaco, calças, camisa e garvata cujas cores combinavam para que o conjunto ficasse bem ao seu possuidor, também o termo pode ser aplicado, a roupa festiva, ou máscara de carnaval completa quando pretende imitar alguém ou uma personagem.
Agora facto é um acontecimento ou coisa com vem neste post do cberdúvidas, mas agora misturar notação brasileira com portuguesa é que nem lembra ao diabo, a minha ferramenta para as traduções de astronomia, a wikipédia faz menção em distinguir os termos da astronomia ou as eras geológicas em Português europeu e Português brasileiro, apesar da wiki ser brasileira
De Bic Laranja a 20 de Setembro de 2011
O fato agora é em xadrez, a gravata encolheu e o nariz é de palhaço. É isso que representa a amálgama da «notação», como diz vossemecê muito bem.
Cumpts.
De tron a 20 de Setembro de 2011
e querem meter o fato de xadrez e o nariz de palhaço aos miúdos que vão começar a primária este ano lectivo

Comentar

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
21
23
25
26
27
29
30
31

Visitante


Contador

Selo de garantia

pesquisar

Ligações

Adamastor (O)
Apartado 53
Arquivo Digital 7cv
Bic Cristal
Blog[o] de Cheiros
Carmo e a Trindade (O)
Chove
Cidade Surpreendente (A)
Corta-Fitas(pub)
Delito de Opinião
Dragoscópio
Eléctricos
Espectador Portuguez (O)
Estado Sentido
Eternas Saudades do Futuro
Fadocravo
Firefox contra o Acordo Ortográfico
H Gasolim Ultramarino
Ilustração Portuguesa
Lisboa
Lisboa de Antigamente
Lisboa Desaparecida
Menina Marota
Mercado de Bem-Fica
Meu Bazar de Ideias
Paixão por Lisboa
Pena e Espada(pub)
Perspectivas(pub)
Pombalinho
Porta da Loja
Porto e não só (Do)
Portugal em Postais Antigos(pub)
Retalhos de Bem-Fica
Restos de Colecção
Rio das Maçãs(pub)
Ruas de Lisboa com Alguma História
Ruinarte(pub)
Santa Nostalgia
Terra das Vacas (Na)
Tradicionalista (O)
Ultramar

arquivo

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

____